Na manhã do último sábado (28), os moradores de Praça Seca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, acordaram com um aviso na entrada da comunidade que ‘explicava’ as regras que seriam adotadas para maior ‘segurança’ dos moradores. Para dar o recado os traficantes da região colocaram uma faixa que ditava como deveria se comportar um morador ao chegar à comunidade para que fosse reconhecido. O aviso foi colocado na via Capitão Menezes, e dizia pra os moradores que reduzissem a velocidade quando passassem pelo local, abaixassem o vidro do motorista e acendessem as luzes de dentro do veículo, tudo ‘para sua segurança’. A comunidade ainda é dominada pelo tráfico de drogas e é marcada pela violência diária pela qual os moradores têm que se submeter.

Publicidade
Publicidade

Ao avisar os moradores do local sobre as regras, não haveria confusões e mortes desnecessárias. Segundo os policiais que compareceram ao local, além da faixa com os dizeres, na altura onde estava fixado o ‘recado’ havia no asfalto pedaços de madeira e troncos de árvore que limitavam a passagem de carros. Os bandidos teriam feito a barricada para coibir os veículos a pararem no local para serem vistoriados. Os agentes também fizeram a limpeza da via para liberar a passagem dos moradores.

Uma imagem com a foto da tal faixa foi amplamente divulgada nas redes sociais através da página Jacarepaguá Notícias- RJ. A faixa causou repercussão entre os internautas que se manifestaram diante da ação dos bandidos. Para muitos o aviso dos criminosos, seria uma forma de dar ‘segurança’ para pessoas desavisadas que entrariam na comunidade por engano e que por ventura poderiam ser assaltadas e até baleadas.

Publicidade

Outros alegaram estarem cansados de conviver com a violência cotidianamente no Rio de Janeiro. Alguns internautas chegaram a dizer que o ‘alerta’ permite pelo menos que a violência seja medida. No entanto, várias pessoas chegaram a dizer que a ação criminosa é inadmissível, e que enquanto posturas como essas forem apoiadas os criminosos continuarão dominando a área e impondo regras às pessoas. A polícia disse que irá intensificar as rondas no local.

#Crime #Investigação Criminal