De acordo com informações do site da Revista Veja, um fortíssimo terremoto foi registrado no leste de Papua Nova Guiné. Os cientistas, por enquanto, classificam os tremores em oito graus na escala Richter. A escola vai de 0 a 9. Entre 8 e 9, os terremotos são classificados como super destrutivos, sendo sentidos em todo o planeta e provocando estranhos em centenas de quilômetros. O epicentro dos tremores aconteceu na madrugada deste domingo, 22, na ilha de Bouganville, que fica no leste do país da Ásia. Diversos países da região receberam alertas. Autoridades pedem que os habitantes evitem as áreas litorâneas, já que existe um alerta de tsunami.

Terremotos acima de oito graus tem capacidade de atingir muitos países.

Publicidade
Publicidade

O #Terremoto que gerou a grande tsunami da Indonésia, por exemplo, conseguiu mudar um pouco o eixo da terra e mexer com os continentes. A possibilidade, no entanto, de que um terremoto com epicentro tão distante gere algum estrago no Brasil é próxima de zero. Isso porque o oceano em que as tormentas acontecem não é o nem o mesmo que banha o território brasileiro. O alerta do sistema geológico dos Estados Unidos é para uma tsunami nos países banhados pelo oceano Pacífico. Felizmente, o Brasil é banhando pelo Atlântico e não tem histórico de grandes terremotos.

O abalo sísmico foi registrado a 153 quilômetros de profundidade. A possibilidade de tsunami acontece justamente porque o abalo vem do mar e a força provoca mudanças na maré. Entre os países que já estão em alerta máximo para a possibilidade de receber uma tsunami estão a Indonésia e as Ilhas Salomão.

Publicidade

Mesmo o terremoto já tendo acontecido há algumas horas, o alerta ainda não foi diminuída, já que os tremores secundários são muitas vezes tão potenciais ou quase tão potenciais quanto o primeiro.

“Ondas de tsunami perigosas podem ocorrer nas próximas horas ao longo de algumas costas”, disse o comunicado do centro de geologia dos Estados Unidos. Até o fechamento desta matéria, ainda não havia informações sobre mortos e feridos.