Sem os policiais militares patrulhando as ruas do ES, o local virou uma realidade medieval. Foram inúmeros furtos, roubos, estupros, assassinatos e por ai vai a imensa lista.

As forças policiais Civis e Federais vão investigar a participação de PM's nos crimes praticados no ES nesse momento de crise e sofrimento, onde o Estado inteiro literalmente sangrou.

Até o último domingo, (12), 9° dia de protesto foram registrados até as 17h, 144 mortes segundo o Sindicato dos Policiais Civis (Sindipol). Diante do grande número de crimes, a Secretaria de Segurança Pública do Espírito Santo (Sesp) acertou com a Polícia Federal para criar uma força-tarefa para investigar a autoria e motivação dos homicídios registrados na última semana.

Publicidade
Publicidade

A possibilidade de que policiais ativos ou da reserva pudessem estar envolvidos em algumas dessas mortes motivou Secretaria a agir.

Está sendo investigado também a formação de grupos de extermínio, segundo o secretário se Segurança Pública, André Garcia, ele disse que não poderia afirmar com total certeza pois ainda não tinham sido concluídas as investigações, mas ele fez questão de enfatizar que "neste momento" não é possível afirmar o envolvimento dos agentes públicos da PM estejam praticando esses crimes ou participando dos crimes de extermínio.

Segundo o secretário, mais de 703 policiais já foram indiciados pelo crime de revolta ou motim, como previsto no código militar, em seu art. 149.

Um grande problema na sociedade é e sempre foi a segurança da população, e hoje vemos que ainda pior é quem deve fornecer essa segurança contribuindo para que ele não haja, ou praticando o próprios atos ilícitos que trazem o perigo para os cidadãos.

Publicidade

O Brasil tem sido sinônimo de vergonha nacional já nos casos de corrupção, e agora também com uma população que precisa da repressão policial para "andar na linha", podemos ver uma grande maioria da população como reais, podemos dizer, criminosos, pois quando a população de bem deveria se unir para reprimir os criminosos infratores, ela se une a eles e vai para as ruas também praticar crimes.

Nosso país precisa de um governo forte ,honesto e até mesmo "linha dura" para ensinar à população como um pai ensina ao seu filho quando ele faz algo de errado. #EspiritoSanto #crisenoES #Casos de polícia