Solto na última sexta-feira após a emissão de um habeas corpus autorizado pelo ministro do STF, Marco Aurélio Mello, #Bruno Fernandes agora mira o retorno à carreira profissional. Ele poderá acompanhar os julgamentos dos recursos em liberdade. Em 2013, foi condenado a 22 anos e 3 meses de #Prisão pelo envolvimento na morte de Eliza Samúdio, com quem teve um filho.

O advogado Lúcio Adolfo, que responde pelos interesses de Bruno, disse que o seu cliente ficou emocionado quando soube da notícia que poderia deixar a prisão. O ex-goleiro do Flamengo estava preso desde 2010, quando estourou o "caso Eliza".

Adolfo revelou que há interesse e propostas de alguns clubes para que Bruno volte a atuar.

Publicidade
Publicidade

Pelo fato de seu cliente ter apenas 30 anos, Adolfo acredita que ele ainda está em uma idade boa para retornar.

"Eu sei que existe o interesse de alguns clubes de futebol até para jogar alguns campeonatos estaduais. Mas ele vai tomar o caminho que achar melhor. Está com apenas 30 anos, tem aí um belo período se conseguir recuperar o retorno à vida social", disse.