As estruturas foram localizadas em meio à Floresta Amazônica, onde ficaram ocultas por mais de 400 anos. As evidências são provas irrefutáveis de que as antigas civilizações indígenas teriam limpado e alterado a paisagem da floresta durante centenas de anos, antes da colonização dos portugueses. De acordo com a arqueóloga Jennifer Watling, da Universidade de São Paulo (USP), estes sítios arqueológicos permaneceram encobertos durante séculos.

As estruturas denominadas de geoglifos encobrem uma área referente a 13 mil quilômetros quadrados, que começaram a surgir em meados da década de 80, no Acre, quando as florestas começaram a ser desmatadas para darem início ás atividades agrícolas.

Publicidade
Publicidade

A equipe liderada por Watling pesquisou as amostras de solo que foram retiradas da região. Amostras da pesquisa foram divulgadas pela revista Proceedings, que faz parte da Academia Nacional de Ciências, e revelaram que a floresta teria sido dominada por bambu há mais de 6 mil anos.

Por outro lado, o índice de desmatamento começou a ser registrado há 1400 anos, com a construção dos primeiros terrenos. Para os pesquisadores, muitos afirmam ser impossível que o local descoberto tenha sido povoado por uma tribo indígena, levando-se em consideração que jamais foram encontrados artefatos indígenas no local. De acordo com as amostras no solo, a área demarcada possa ter sido utilizada para realização casual de algum ritual indígena.

Os pesquisadores estimam que uma civilização indígena desconhecida cavou essas valas, além de usar o fogo para queimar a vegetação ao redor.

Publicidade

‘’É importante ressaltar que esses geoglifos, foram construídos com valas externas e paredes internas, muito semelhantes as construções arquitetônicas encontradas nos sítios henge ( estruturas pré-históricas de forma quase circular e oval)'', concluiu Watling, em entrevista ao jornal inglês ''The Telegraph''. Para ela, as escavações encontradas no Stonehenge, na Inglaterra, são muito semelhantes às evidências encontradas na Amazônia. #civilizações antigas #Amazonas #Meio Ambiente