A avó de um bebê de 10 meses deu, por engano, ácido para limpar motor para a criança tomar, que acabou morrendo intoxicada. A mulher confundiu o produto com suco de uva por causa da cor semelhante.

O caso ocorreu no domingo pela manhã (19) em Jaú, no interior de São Paulo. O bebê chegou a ser socorrido e levado para a Santa Casa da cidade, mas não resistiu e morreu. A Polícia Civil trata o caso como #homicídio culposo (quando não há intenção de matar).

De acordo com informações dos policiais, a avó confundiu o produto de limpeza de motor e industrial com suco de uva e colocou o ácido na mamadeira da neta. A criança, logo após ingerir o líquido, começou a passar mal.

Publicidade
Publicidade

A avó disse à polícia que o produto era de cor roxa, a mesma do suco de uva. Ainda comentou que não era a sua intenção de fazer com que sua neta viesse a morrer.

A bebê, os seus pais e um irmão de 4 anos estavam passando a semana na casa da avó por conta de uma infestação de escorpiões na residência onde moram. O produto ingerido pelo bebê é tão tóxico que deve ser diluído na proporção de 1%, ou seja, 2 litros do ácido para 200 litros de água.

Ainda segundo essas informações do fabricante, o produto só deve ser manuseado usando luvas, máscara, óculos, botas de borracha e avental. Esse é um produto utilizado na limpeza de motores, chassis, rodas etc.

De acordo com testemunhas, no momento do incidente, a avó fazia almoço na cozinha e o pai da criança foi até o local porque sua filha estaria com fome.

Publicidade

Então, a avó resolveu que daria suco de uva que havia preparado para sua neta. Na pia da cozinha havia duas garrafas, uma continha o suco e a outra o produto tóxico. A avó acabou se confundindo e colocando na mamadeira o ácido de limpeza ao invés do suco.

Após alguns minutos de a criança ter bebido o líquido, o pai dela teria percebido algo estranho e acionou o Serviço de Atendimento de Regate e Urgência, que muito rápido socorreu a criança e a levou a até a Santa Casa da cidade. Porém, o bebê não resistiu à intoxicação.

Segundo a equipe de resgate, por telefone, foram dadas todas as informações para a família tentar realizar o procedimento para reanimar a criança até que a ambulância chegasse ao local. A polícia divulgou, em nota, que o caso está sendo investigado como homicídio culposo.

Os policiais apreenderam o recipiente com o produto de limpeza e a mamadeira da criança. Após sair o laudo da pericia, serão dadas mais informações sobre o caso e o que vai acontecer com a avó do bebê. #ácido #Bebês