A criminalidade atinge as mais variadas pessoas, inclusive, àquelas que trabalham para evitar que criminosos voltem a cometer atos ilegais. De acordo com informações do portal de notícias G1, em reportagem publicada nesta sexta-feira, 10, um juiz que trabalha no município de Uberlândia, no estado de Minas Gerais, acabou sendo vítima de um assalto por três bandidos, durante a madrugada. O magistrado tem cinquenta e três anos e a ação ocorreu no bairro Luizote de Freitas. O juiz, que não teve o nome identificado, em um ato de legítima defesa, acabou atirando contra os homens. Dois deles morreram ainda no local. O terceiro conseguiu sair correndo.

Publicidade
Publicidade

De acordo com o portal de notícias G1, a situação aconteceu em uma lanchonete da Avenida Doutor João Manoel Tannus.

A polícia informou ao portal de notícias da Globo que três homens entraram no local armados . Eles já chegaram à lanchonete com o objetivo de assaltar. Seis pessoas foram furtada. Elas tiveram seis aparelhos telefônicos roubados. Os criminosos conseguiram apenas R$ 50 em dinheiro. Após o #Crime e a morte dos bandidos, pessoas que estavam no local foram testemunhar na polícia. Ela revelaram que um dos autores do crime estava encapuzado e chegou portando um revólver de calibre 31. Ele já foi em direção ao caixa da lanchonete, tentando conseguir dinheiro. No local, estava o proprietário da lanchonete.

Com o revólver em mãos, o bandido realizou o assalto. O segundo estava com uma pistola em mãos.

Publicidade

Durante o crime, um dos criminosos apontou uma pistola para o juiz. No entanto, o magistrado não pensou duas vezes. Ele, que tem porte de arma, tirou uma arma da rouba e disparou contra os homens de maneira certeira. Dois foram atingidos na cabeça e no pescoço. A morte macabra ocorreu na hora. A polícia não divulgou os nomes dos mortos e do magistrado. Agora os investigadores tentam rastrear o terceiro bandido, que conseguiu fugir em um carro. O magistrado entregou a arma que usou para matar os homens. O revólver será periciado.