O domingo, dia 26, marcou o primeiro dia de desfiles das escolas do grupo especial do #Rio de Janeiro. O destaque negativo ficou por conta do desfile da Paraíso do Tuiuti, onde 20 pessoas ficaram feridas após acidente com um de seus carros alegóricos.

O acidente atrasou a entrada da Grande Rio, que prestou uma homenagem ao #Carnaval baiano e ao axé e contou com a espirituosa presença da cantora Ivete Sangalo. A Imperatriz Leopoldinense escolheu tratar da #Cultura indígena na Amazônia, criticando a exploração da natureza e exaltando a fauna e flora brasileira.

Com a presença da apresentadora Sabrina Sato, a Vila Isabel fez uma homenagem à vários estilos musicais, como jazz, rock, samba, reggae e outros, exaltando a influência africana na maioria das manifestações culturais e musicais. A escola também exaltou o Candomblé, e pareceu agradar ao público. No entanto, sofreu após um de seus carros ter um vazamento de óleo, o que prejudicou a entrada da Salgueiro.

Com um desfile lúdico e tradicional, a Salgueiro reverenciou a tradicional obra “A Divina Comédia”, do italiano Dante Alighieri, realizando um belo desfile que empolgou o público. Também inspirada pela literatura foi a Beija-Flor, que contou a história de “Iracema”, obra de José de Alencar. Para especialista, as duas tradicionais escolas foram os destaques do primeiro dia de desfiles, e devem brigar pelo título do Carnaval 2017.