Na noite desse domingo, 26, um #Acidente marcou o fim do desfile da escola de samba, #Paraíso do Tuiuti. O carro alegórico bateu na grade que separa a arquibancada da passarela do desfile, imprensando pessoas entre a grade e o carro.

No total, oito pessoas ficaram feridas e foram prontamente atendidas pelo corpo de bombeiros, que as levaram para o posto médico do local, mas uma das vítimas ficou com a perna presa e os bombeiros tiveram que cortar parte da grade para libertar a pessoa ferida, que foi levada para o hospital Souza Aguiar.

A vítima grave teve uma fratura exposta e ainda não há informações sobre o seu estado de saúde.

Publicidade
Publicidade

Um advogado da Riotur avisou que o carro não sairá do local, enquanto a polícia civil não fizer a perícia. Segundo informações da TV Globo, a polícia já chegou para periciar o local do acidente. Tal ato pode atrasar todos os desfiles da noite, fazendo com que o primeiro dia do #Carnaval do Rio termine só pela manhã de segunda-feira, 27.

Durante a transmissão do desfile, comentaristas da TV Globo disseram que o carro apresentou problemas, o que fez com que ele batesse na grade. Ainda não há informações claras sobre o local onde as vítimas estavam, mas segundo pessoas presentes na arquibancada, elas estariam ao lado da grade, mas na passarela, o que fez com que fossem imprensadas com a batida. No local, não é permitido a presença de pessoas, além das autorizadas, para não atrapalhar a passagem de carros e integrantes do desfile.

Publicidade

Membros da escola de samba tentaram fingir que nada aconteceu, quando abordados pela imprensa, pois as escolas perdem pontos quando ocorre algum problema no decorrer do desfile, entretanto, o fato não podia passar despercebido e a Paraíso do Tuiuti deve ser punida pelos jurados, na próxima quarta-feira, 1, quando será decidido quem será a grande campeã do carnaval do Rio de Janeiro.

A escola de samba, Grande Rio, é a próxima a entrar na avenida, mas aguarda a liberação do espaço, pela polícia civil, para que a Paraíso do Tuiuti possa retirar o carro alegórico, permitindo a passagem dos carros da adversária.

Segundo informações preliminares, nenhuma das vítimas correm risco de morte, mas a confirmação só será possível após o boletim médico da mulher que foi levada para o hospital.