O mês de fevereiro vai finalizando sua primeira quinzena com volumes elevados de chuva em algumas regiões do estado de Santa Catarina. A região da Grande Florianópolis, na madrugada de sábado (11), para domingo (12), registrou grandes volumes de chuvas, com grandes valores acumulados nos municípios de Palhoça, Santo Amaro da Imperatriz, Águas Mornas, Paulo Lopes, São José e Biguaçu.

Foram registrados volumes altos de chuva também na região do Vale do Itajaí, 80 mm em alguns pontos (valor acima da média para essa época do ano), fazendo o solo ficar muito molhado e pesado, gerando atenção para as áreas de encostas, pois há risco de deslizamento de terra e pedras de grande porte em algumas áreas consideradas de risco.

Publicidade
Publicidade

Previsão

Há instabilidade na região oeste, mais sistema cavado (área extensa de baixa pressão) em médios e altos níveis da atmosfera influenciando toda Santa Catarina, associado à formação de uma frente fria formada pelo litoral Sul do Brasil, e que vai continuar influenciando o tempo nos próximos dias pelo estado. Apesar da chuva, o calor persiste com uma sensação de abafamento muito elevada.

A previsão é que nos próximos dias o quadro permaneça praticamente o mesmo, com alertas de altos volumes de chuva para a Grande Florianópolis, Médio e Baixo Vale do Itajaí e Litoral Norte, com chuva de moderada a forte em alguns momentos, com riscos de #temporais, especialmente no fim de tarde. Acumulados poderão chegar entre 60 e 130 mm em alguns pontos.

Nas outras regiões do estado, a previsão é de volumes menores de chuva, entre 30 e 58 mm, mas não se descarta a previsão de alguns temporais severos e localizados.

Publicidade

Serviços

A Defesa Civil de Santa Catarina tem iniciado um trabalho de prevenção, com alertas sobre as condições do tempo via SMS. Também existe um trabalho feito a partir de suas redes sociais, como Facebook e Twitter, com alertas diários de previsões de curta e longa duração.

Fique atento a todos os alertas emitidos pela defesa civil da sua região, para evitar maiores transtornos recorrentes após as chamadas 'chuvas de verão'. #alagamentos #Chuvas Torrenciais