Imagens das câmeras de segurança de uma loja de colchões, em um shopping na Região Centro-Sul, de Belo Horizonte, em Minas Gerais. Uma professora Universitária teve um ataque de fúria, após não conseguir cancelar uma compra, ela quebrou um aparelho de TV, e dois computares da loja.

O caso foi registrado na delegacia, e no Boletim de Ocorrência a cliente justificou que teria perdido a paciência, pois teria efetuado a compra de um colchão no valor de R$993,00 e um Box Blend no valor de R$370,00, no dia 30 de novembro de 2016. A data prevista para entregar a mercadoria foi marcada para o dia 2 de dezembro de 2016, porém a mercadoria não chegou.

Publicidade
Publicidade

Segundo a professora, ela teria tentado fazer o cancelamento diversas vezes por telefone, mas não obteve sucesso. A cliente então resolveu se dirigir até a loja para realizar o cancelamento no estabelecimento. Porém novamente sem sucesso, de acordo com o Boletim de ocorrência a mulher já teria feito diversas tentativas na loja e sua compra não havia sido cancelada.

A cliente explicou que ficou muito nervosa com a situação, e acabou “perdendo a cabeça”, e destruiu os aparelhos eletrônicos da loja. A Polícia Militar informou que a cliente se mostrou disposta a ressarcir os prejuízos causados a loja, e deixou um cheque calção no valor de R$ 6.300,00, para garantir o pagamento.

O proprietário da loja ao ser procurado pela imprensa não quis se manifestar sobre o ocorrido, porém uma funcionária da loja informou apenas, que “o problema” já havia sido resolvido.

Publicidade

Um vídeo do momento de fúria da cliente vem circulando nas redes sociais e mostra o momento em que a cliente teria “perdido a cabeça”, e acabou se descontrolando. Nas imagens a professora segura sua bolsa enquanto conversa com uma funcionária da loja, quando de maneira inesperada a cliente retira e joga no chão uma tv que estaria presa em um painel na parede da loja. A funcionária aflita leva às mãos a cabeça, a professora retorna para a mesa onde estava e destrói dois notebooks, batendo os aparelhos contra a mesa, a funcionária sem saber o que fazer para conter a cliente, sai correndo. Depois a professora caminha pela loja e o vídeo se encerra.

Em alguns comentários nas redes sociais alguns usuários apoiaram a atitude da mulher, informando que o mau atendimento ao cliente, principalmente quando se trata de cancelar algo, tira a paciência de qualquer um. Outros, no entanto, discordaram afirmando que ela não deveria ter se excedido tanto, e você o que acha?

Confira abaixo o vídeo e deixe sua opinião.

#Crime #Investigação Criminal