Na noite desta quarta-feira (01), o cardiologista Roberto Kalil Filho informou que o estado de saúde da ex-primeira dama #Marisa Letícia Lula da Silva era irreversível.

A ex-primeira-dama não tinha mais fluxo de sangue no cérebro, estava respirando com o auxílio de aparelhos e sedada.

Dona Mara Letícia estava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, Capital, acompanhada de amigos e familiares.

Na terça-feira os médicos retiraram o coma induzido, no qual a esposa de Lula estava há pouco mais de uma semana.

O cardiologista Kalil informou que Dona Marisa apresentou melhoras na parte da manhã, mas seu estado saúde se agravou na tarde de quarta-feira, fazendo a equipe médica tomar a decisão de voltar com a aplicação de remédios.

Publicidade
Publicidade

Kalil Filho informou os três motivos que agravaram o estado de saúde da mulher do #ex-presidente lula.

1º - A inflamação e o edema causados pelo AVC, que não regrediram;

2º - A pressão intracraniana aumentou;

3º - Houve vasoespasmos (contrações de vasos sanguíneos) no cérebro.

Na noite de quarta-feira, Marisa Letícia passou por exames para avaliar o fluxo sanguíneo no cérebro, os resultados mostraram um fluxo mínimo.

Na manhã desta quinta-feira (2), foram realizados novos exames e os resultados mostraram a interrupção total do fluxo de sangue no cérebro.

O ex-presidente Lula já autorizou a equipe médica a iniciar os protocolos para doação dos órgãos da esposa.

O médico cardiologista Roberto Kalil Filho relatou que o Acidente Vascular Cerebral (AVC) sofrido pela ex-primeira-dama Marisa Letícia foi causado pelo rompimento de um aneurisma cerebral, descoberto há cerca de dez anos.

Publicidade

Dona Marisa Letícia passou mal na tarde do dia 24 de Janeiro de 2017, no seu apartamento localizado em São Bernardo do Campo, no ABC paulista. No primeiro momento, foi levada a um hospital local, onde exames preliminares constataram o AVC. Em seguida foi transferida para o Hospital Sírio-Libanês, onde chegou consciente, por volta das 15h30min do mesmo dia. #morte cerebral marisa letícia