Com gritos de "Fora Globo" e "Golpistas", os militantes petistas expulsaram repórteres e cinegrafistas da emissora #TV Globo do #Velório de dona Marisa Letícia, mulher do ex-presidente Luiz Inácio #Lula da Silva. Um dos repórteres da TV Globo, César Menezes, foi hostilizado e teve que abandonar rapidamente a cobertura que fazia, para não sofrer agressões.

O velório começou às 9h. Muito abatido, Lula chegou 15 minutos antes para a cerimônia. Dona Marisa faleceu na sexta (03), vítima de um acidente vasculhar cerebral (AVC) hemorrágico. Ela chegou a ficar dez dias internada no hospital Sírio-Libanês.

Os advogados da família Lula e alguns deputados petistas culpam o juiz federal Sérgio Moro pela morte de dona Marisa, pois alegam que ela sofreu perseguição política e isso alterou a sua saúde. Ela teve que comprar, inclusive, um aparelho de pressão, pois sentia sua pressão oscilar com picos de alta durante todo o dia.

O senador Lindbergh Farias foi um dos que apoiou as palavras dos advogados. "Mataram a ex-primeira dama", disse ele".

Os militantes petistas acreditam que a TV Globo tem parte na morte de Marisa e por isso resolveram expulsá-la do velório. Veja como foi:

Humilhação

O repórter foi humilhado pelos militantes que esbravejavam ódio em suas palavras. Ele foi insultado e obrigado a se retirar. Ele chegou a ser chamado de "filho de satanás", "maldito" e "pilantra". Vale ressaltar, que ele estava apenas realizando um trabalho informativo e protegido por lei, já que a imprensa tem liberdade de expressão.

Um das mulheres mais irritadas com a presença do funcionário da Globo disse que a imprensa nacional não é bem vinda, pois todos são "golpistas". Ela elogiou apenas a imprensa mundial.

Tensão

O velório de dona Marisa está sendo realizado no Sindicato Metalúrgico do ABC, em São Bernardo do Campo. Lideranças tentaram evitar que jornalistas fossem expulsos. "Eles estão apenas fazendo o trabalho deles", diziam. Mas de nada adiantou. Revoltados, alguns petistas causaram baderna e faltaram com o respeito num momento triste da vida de Lula.

A esposa de Lula tinha 66 anos.