Nesta sexta-feira, 24, uma notícia chocou o Brasil. Bruno Fernandes das Dores, de trinta e dois anos, conhecido por ter sido goleiro do Clube de Regatas Flamengo, foi liberto após uma decisão do Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio de Mello. O magistrado, em sua decisão, disse que não havia motivo para que o goleiro continuasse preso, enquanto aguarda a análise do seu julgamento. Condenado em 2013 a mais de vinte anos de detenção, Bruno estava preso desde 2013, quando foi acusado de ter participação na morte de Eliza Samudio, sua ex-amante.

O delegado Edson Moreira da Silva, do Paraná, que foi eleito deputado federal pelo Partido da República (PR), afirmou que, caso Bruno permaneça solto, é que o cadáver de Eliza jamais será encontrado.

Publicidade
Publicidade

É bom lembrar que Bruno, além da morte, foi condenado pela ocultação do cadáver da mãe de seu filho, Bruninho. A mãe de Eliza Samudio, Sônia, que cuida da criança, falou em entrevista ao jornal 'O Globo' em impunidade e que mesmo que o goleiro esteja arrependido do #Crime ele tem que pagar pela condenação completa. Sônia diz que o ex-atleta do Flamengo ficou pouco tempo detido.

Edson Moreira, em 2010, trabalhou nas investigações da procura de Eliza. Foi graças ao crime que ele se tornou muito conhecido em todo o país. Ele diz que a atitude da justiça, através da medida do Ministro Marco Aurélio de Mello, acabou sendo falha, pois o acusado já teria sido condenado a 22 anos e três meses de detenção. O deputado federal diz que a canetada do magistrado é uma contradição, pois no passado, o mesmo Ministro teria sido favorável à permanência do ex-goleiro na prisão.

Publicidade

Bruno estava detido em uma prisão de Belo Horizonte, capital do estado de Minas Gerais.

O delegado afastado ainda diz que a investigação do crime de Eliza foi concluída e que, por isso, o futebolista foi condena. "A mensagem que essa soltura passa é de que o crime compensa. Que se pode fazer de tudo: matar, estupra (...)", disse o político em entrevista ao site em.com. #Goleiro Bruno