Eike Batista foi levado para depor nesta última terça-feira (31), mas preferiu ficar em silêncio, o que lhe é de direito, e disse que só vai falar em juízo. Fernando Martins, advogado do empresário, confirmou que Eike ficou calado: "Ele não falou nada, ele se reservou o direito de falar somente em juízo".

O procedimento normal da #Polícia Federal foi realizado, que é fazer todas as perguntas. A resposta para tudo que foi perguntado ao empresário é que ele se reservava ao direito de falar somente em juízo. Como o empresário ficou mais de 3 horas depondo, circulou a notícia de que ele poderia "entregar muita gente", mas o advogado disse que não teve nada disso.

Publicidade
Publicidade

Ainda de acordo com Fernando Martins, quando seu cliente falar em juízo, ele vai se defender de todas as acusações e esclarecer tudo. Quando #Eike Batista saiu das dependências da Polícia Federal já era quase 19 horas. Ele estava acompanhado de 4 agentes e entrou em um carro, que não possuía nenhuma identificação de que era da PF.

Leonardo Cardoso de Freitas, responsável pelo grupo do MPF que está coordenando as investigações da "Calicute" e também da "Eficiência", acompanhou boa parte do depoimento de Eike e saiu de lá por volta das 17 horas.

Habeas Corpus

O advogado de Eike Batista já entrou com vários pedidos de habeas corpus, mas admitiu que até o momento não teve sucesso e que a Justiça Federal está analisando tudo. O pedido de transferência de Eike para uma unidade policial, localizada em Benfica, também não foi atendido.

Publicidade

O habeas corpus foi encaminhado ao TRF - Tribunal Regional Federal, sendo que o desembargador Abel Gomes é quem fará a análise, mas ainda não há data marcada para isso.

Preso na segunda-feira, dia 30, assim que chegou de Nova York, Eike Batista continua na Penitenciária Bandeira Stampa, a Bangu 9, zona oeste do Rio de Janeiro.

Eike Batista está sendo acusado de lavagem de dinheiro, participação em esquema de #Corrupção e envolvimento com Sergio Cabral, ex-governador do Rio de Janeiro, que também encontra-se preso.