Tudo começou quando um desses cientistas locões deu uma entrevista para um tabloide britânico. O homem russo, de nome praticamente impronunciável, afirmou com voz de quem realmente entendia do assunto que o mundo iria acabar. Na época da entrevista, ele até anunciou uma data para o adeus ao planeta terra. Segundo o astrônomo da terra de Vladimir Putin, a data para o 'The End' da nossa mãe terra era esta quinta-feira, 16. Ele garantia que um asteroide, desses gigantes, simplesmente bateria em cheio com a nossa atmosfera. O tal asteroide, de um quilômetro de diâmetro, teria poder destrutivo tão grande que provocaria de uma tsunami ao extermínio do nosso planeta.

Publicidade
Publicidade

A situação causou tanto na web que a Sociedade Brasileira de Astronomia soltou uma nota, publicada no site da revista Veja. A entidade, para nossa sorte, garantiu que o mundo não acabaria nesta quinta. Pelo menos não por conta do tal asteroide, que estaria a dezenas de milhões de quilômetros da terra, em uma distância que corresponderia a um terço do trajeto entre o nosso planeta e o sol. E acredite, isso é coisa demais. De qualquer forma, hoje a ciência dispõe de meios para impedir ou minimizar que forças dessa magnitude causem o maior estrago. Não é de brincadeira que se gastam bilhões de dólares em todo o mundo com programas espaciais.

Passado o susto, continuamos nós aqui vivos e zoeiros como sempre. A internet brasileira foi à loucura e decidiu fazer muitas piadas, afinal, o mundo não acabou.

Publicidade

Logo, surgiram muitas teorias para que isso tenha acontecido. Até mesmo um fake de Jesus Cristo surgiu no Twitter com uma teoria mirabolante para o não fim da terra. Veja a postagem que deu o que falar:

Maísa Silva, atriz e apresentadora do SBT, também virou alvo das postagens, afinal, não é a primeira vez que uma previsão catastrófica do fim da terra assola todos nós. Veja a publicação.

Teve, é claro, os famosos memes da cantora Gretchen, a eterna rainha do bumbum. Dessa vez, a mãe do ator Thammy Miranda se arrumou e tudo para nosso fim trágico, que acabou não ocorrendo; veja:

#Fim do mundo