Um homem de 42 anos assassinou a facadas a mulher, de 39 anos, as filhas de 7 e 11 anos e depois tirou a própria vida no bairro Hípica, que fica localizado na Zona Sul de Porto Alegre (RS). Os corpos da #Família foram encontrados nesta quarta-feira (1º), depois que um parente resolveu ir até a casa família, uma vez que não conseguia contato com ela.

Chegando ao local, como ninguém respondia, ele resolveu pular o muro. Como o portão da garagem estava destrancado, conseguiu adentrar a casa.

O corpo da mulher, que apresentava ferimentos no tórax, estava na sala, enquanto que os corpos das filhas, que também tinham ferimentos na mesma região do corpo que a mãe, se encontrava no quarto delas.

Publicidade
Publicidade

Já homem foi achado no quarto do casal, em cima da cama, deitado de bruços e com uma faca embaixo do corpo.

A Polícia Civil foi acionada e chegou ao local por volta de 12h desta quarta-feira, mas segundo os investigadores o #Crime pode ter acontecido na segunda-feira (30).

Segundo informações da polícia, não havia sinal de arrombamento na residência, além disso, todas as vítimas possuíam ferimentos por faca e estavam dentro da casa, que fica localizada na Rua Francisco Silveira Pastoriza.

Segundo a delegada responsável pelo caso, Clarissa Demartini, na parede da sala havia frases escritas com giz que indicavam que o marido suspeitava de uma traição por parte da esposa. Os dois tinham um relacionamento de 20 anos e estavam se separando.

A delegada ainda afirmou que essa suposta traição possa ter sido o estopim para o que, segundo ela, foi um caso brutal.

Publicidade

A polícia chegou a ouvir um vizinho da família, que disse ter visto o homem chegar em casa na segunda-feira, por volta das 18h, com a filha, e desde então não ouviu mais nenhum barulho, seja de discussão ou alguma outra movimentação na casa.

A delegada não chegou a informar a identidade das vítimas. O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher, por se tratar de um feminicídio. O crime chocou os vizinhos, que falaram que o casal parecia bem tranquilo. #Tragédia