Infelizmente, muitos animais são vítimas de abusos sexuais. Assim como crianças e muitas mulheres, eles acabam se metendo em situações tristes. Eles não conseguem se defender de seus agressores. Nesta quinta-feira, 16, por exemplo, uma cadelinha acabou sendo vítima de violência sexual do próprio dono, que a criava como seu animalzinho de estimação. A situação, como mostram sites locais, aconteceu a quase 500 Km da capital de Mato Grosso, Cuiabá. O aposentado, que é acusado dos atos libidinosos e que podem ser enquadrados no crime de zoofilia tem sessenta e três anos de idade. Pela natureza do crime, ele não teve o seu nome revelado.

Vizinhos gravaram em um vídeo parte do abuso.

Publicidade
Publicidade

Parte desse material acabou sendo divulgada nas redes sociais. Os vizinhos filmaram o vovô fazendo sexo com sua cadela e jogaram o material no Facebook. A fim de fazer com que o homem das imagens mantenha-se seguro, o nome dele não foi revelado pelas autoridades. Em entrevista a um portal da região, um dos vizinhos do aposentado disse que ouviu gritos e gemidos que saiam da casa do suspeito. Com medo e a fim de ajudar quem estava no local, ele decidiu entrar devagar até próximo à propriedade.

O morador da região disse que teve a ideia de olhar por cima do muro o que acontecia e foi quando percebeu que o aposentado estava molestando com os dedos a cadelinha. O homem então pegou o seu celular e decidiu filmar toda a cena, com o objetivo de ter provas contra o acusado. Em seguida, ele telefonou para a polícia, que foi ao local e viu as imagens, que comprovaram os atos.

Publicidade

Não era a primeira vez que o idoso era denunciado por zoofilia. No entanto, por conta do vídeo, o homem acabou sendo preso em flagrante. Ele foi colocado dentro de um camburão e foi levado para a delegacia da região. O sujeito também foi denunciado para a Associação Protetora dos animais do Município de Sinop (APAMS). O homem agora vai responder, dentre outras coisas, por expôr a cadela a maus tratos. O vídeo deve ser usado no julgamento. #Crime