Mais um #Crime bárbaro deixa a todos os cidadãos de bem chocados, desta vez a tragédia aconteceu em Santa Cruz que fica localizada na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

De acordo com o portal de notícias online do jornal Extra, um jovem de 16 anos foi apreendido sob a acusação de ter participado do assassinato de sua mãe e seu padrasto, o crime foi executado com requintes de crueldade. Saiba mais aqui.

Menor mata mãe e padrasto

Policiais da Divisão de Homicídios (DH), apreenderam um adolescente de 16 anos acusado de ter participado do assassinato de sua mãe e seu padrasto, na noite da quarta-feira (8), as vítimas foram identificadas como Raphaela de Farias Guimarães e o subtenente Marcos Cesar Tarradt.

Publicidade
Publicidade

Os corpos só foram encontrados na noite de quinta-feira (9).

Segundo as informações dadas pela polícia, o carro do casal, modelo For Focus vermelho, um notebook, celulares e outros pertences das vítimas que foram subtraídos da residência já foram recuperados. A arma do subtenente Tarradt não foi localizada.

Uma prima do subtenente que não teve o nome divulgado, disse que o casal foi amarrado e esfaqueado covardemente. Existe uma informação de que Marcos teria tido uma discussão séria com o enteado um dia antes do assassinato.

Ainda de acordo com a prima de Marcos, uma vizinha chegou a ouvir barulhos e notou a agressividade do jovem, mas como eles discutiam vez ou outra, achou que era apenas mais uma desavença. Contudo ela estranhou o fato de não ver movimento na casa durante a quinta-feira.

Publicidade

E a prima também disse que estranharam a ausência de Tarradt no quartel.

Há informações que o menor seguiu sua rotina como se nada houvesse acontecido, ele saiu na quinta-feira pela manhã e foi para escola tranquilamente e depois foi para a casa do pai com quem ele vivia.

O jovem de 16 anos contou com a ajuda de mais dois menores e um homem de 20 anos, que também já foram identificados e detidos.

Amigos e familiares do casal se mostraram perplexos e várias homenagens estão sendo feitas a eles nas redes sociais.

Violência

A #Violência crescente e a falta de amor vem criando verdadeiros monstros que estão soltos em nossas cidades. São jovens perversos capazes de cometer crimes horrendos sem nenhum peso na consciência e na certeza da impunidade.

Reféns do medo e da insegurança somos nós os trabalhadores honestos e pagadores de impostos, estamos presos dentro de nossas casas e apartamentos, como o nosso direito de ir e vir cerceado pela bandidagem e a mercê da escória que engrossa as fileiras do exercíto do crime organizado.

A impunidade alimenta o crime! #Casos de polícia