A polícia de Telêmaco Borba-PR, na região dos Campos Gerais, confirmou no início da tarde desta quinta-feira (02) a morte da agente de saúde, Camila Martins França, de 28 anos. De acordo com as primeiras informações da polícia, a mulher foi encontrado morta dentro do porta-malas do próprio veículo, na região rural de Ortigueira. As circunstâncias em que o corpo foi encontrado ainda não foram divulgadas pela polícia. As informações são do repórter Jeferson Abreu.

Sobre o desaparecimento

A agente de saúde, Camila Martins França, de 28 anos, estava desaparecida desde a última quarta-feira, pela manhã. Segundo informações de familiares, Camila saiu de casa na manhã desta quarta-feira (01) com destino ao posto de saúde do bairro Vila Esperança, mas não chegou ao local de trabalho e também não retornou para casa.

Publicidade
Publicidade

Camila estava com um veículo Corsa Classic, cor Prata, de placas ASC-2310. No veículo, a jovem transportava produtos do Boticário e uma quantia em dinheiro, pois nas horas vagas ela trabalha como revendedora. Ainda de acordo com uma irmã, Camila não tinha problemas psicológicos, frequentava a igreja Congregação Cristã do Brasil, casada, mãe de três filhos, dois meninos de 12 e 3 anos e de uma menina de 5 anos. Para a família o desaparecimento da Camila é muito estranho, pelo fato dela ser muito responsável com sua família e com seu trabalho.

A quantidade de assassinatos em Telêmaco e municípios vizinhos é alta e a principal causa desta violência é o tráfico de drogas. “A maioria dos crimes está relacionada com o tráfico. Em 2015, foram registrados 36 homicídios, 80% das mortes ocorreram por disputa de pontos de venda e acerto de dívidas de drogas".

Publicidade

Drogas

As drogas, como cocaína, crack e ecstasy, podem afetar o funcionamento do coração, fígado, pulmões e até mesmo o cérebro, sendo muito prejudicial à saúde. Além disso o consumo de uma dose excessiva pode levar à morte devido à overdose que pode causar parada cardíaca e respiratória. Estas alterações podem acontecer ao consumir qualquer tipo de drogas, mas especialmente as drogas ilícitas que incluem as anfetaminas e a heroína, por exemplo. #assassinato #Crime