Todos os dias, várias mulheres, adolescentes e crianças são vítimas de violência sexual. Em muitos desses atos ilícitos, as vítimas nem têm como se defender das garras desses maníacos que agem de maneira horrenda.

E nesse ritmo de violência sexual contra mulheres, uma jovem foi vítima no centro da cidade de Teresina, capital do Piauí. A vítima foi identificada com as iniciais L.K.S, de 20 anos. A jovem foi abordada pelo sujeito na Praça do Fripisa, em seguida, ela foi levada para um corredor abandonado, onde foi violentada sexualmente pelo indivíduo, por volta das 14h, na quarta-feira, 22 de dezembro de 2016, mas somente foi divulgado pela polícia para os meios de comunicação esta semana.

Publicidade
Publicidade

Segundo informações repassadas pela polícia, o suspeito já foi identificado, e costuma agir sempre da mesma forma, tendo praticado outros três estupros. Conforme informações da delegada Wilma Alves, a vítima estava sentada em um ponto de ônibus quando de repente o acusado sentou ao seu lado, mostrou uma faca, em seguida obrigou ela a sair com ele discretamente e a levou até um corredor abandonado, onde foi vítima de violência sexual.

Após cometer o ato sexual, o acusado obrigou a vítima a esperar no local enquanto ele pegava uma motocicleta para ir embora. A mulher foi socorrida por moto taxistas, que passavam próximo a cena do crime. Em seguida, ela foi encaminhada para uma Central de Flagrantes de Gênero. Wilma Alves relatou que o sujeito é bem ousado. A polícia já recebeu outras denúncias contra ele sobre o mesmo crime de violência sexual.

Ainda de acordo com a delegada, a vítima estava à espera do coletivo para uma entrevista de trabalho quando foi atacada pelo agressor.

Publicidade

A delegada ainda ressalta que é a favor da castração química, pois a jovem está com medo, aterrorizada, e seu estado é desesperador. Segundo a delegada, no centro da cidade, há várias residências abandonadas, os agressores se aproveitam dessas situações para cometerem seus crimes.

Prisão do acusado

O suspeito foi preso na madrugada desta terça-feira (31). O sujeito foi identificado como Tiago Bruno Ribeiro e foi reconhecido pela vítima. #Investigação Criminal #Casos de polícia