Um jovem de 22 anos que foi internado para tratar uma desidratação acabou tendo um de seus braços amputados. Imagina só o desespero da família e do rapaz que infelizmente teve sua vida tragicamente mudada pelo que parece ter sido um #Erro Médico. Saiba mais aqui.

De acordo com o portal de notícias online G1, Henrique dos Santos de 22 anos, foi internado no Hospital Irmã Dulce no dia 2 de fevereiro com quadro de desidratação. Fabiana Amaral mãe do jovem, afirmou que o braço do filho começou a necrosar depois que algumas injeções foram aplicadas no filho de maneira incorreta. O caso aconteceu em Praia Grande, litoral de São Paulo.

Publicidade
Publicidade

Jovem teve braço amputado

A mãe de Henrique disse que o filho sofre com de transtornos psiquiátricos e que por isso ficou três dias desaparecido, quando ele foi encontrado estava desidratado e por isso foi levado para o Hospital Irmã Dulce, onde segundo Fabiana foi aplicado quatro injeções no braço do jovem. Ela e os familiares de Henrique afirmaram que ele não tinha nenhum tipo de lesão no braço quando foi internado.

Fabiana conta que o filho toma remédio controlado e que logo depois de receber as injeções o braço do jovem começou a necrosar, ela ainda afirmou que não recebeu nenhuma informação sobre quais eram os medicamentos que foram ministrados.

O jovem ficou 10 dias em tratamento, foi preciso fazer uma cirurgia de emergência, contudo não houve êxito e foi preciso amputar o braço. Por causa dos transtornos psquiátricos, Henrique ficou desesperado ao ver que tinha perdido o braço e fugiu do hospital.

Publicidade

Ele foi encontrado no pronto-socorro da cidade e levado novamente par o Hospital Irmã Dulce.

Henrique continua internado e de acordo com Fabiana ele continua muito nervoso e tendo surtos. A equipe médica que cuida do caso afirmou que ele não tem previsão de alta.

Nota do Hospital Irmã Dulce

Em nota a administração informou que está prestando todo o auxílio necessário para o jovem e sua família. Esclareceu que medidas administrativas estão sendo tomadas para esclarecer qual foi o atendimento recebido pelo rapaz.

A polícia também foi acionada e está investigando o caso. #Medicina #Casos de polícia