Um caso inusitado aconteceu nesta quarta-feira (22), na Vila Cosmos, Zona Norte do Rio de Janeiro, onde um assaltante que fugia dos moradores da região, após cometer um roubo, foi obrigado a pedir perdão a Deus dentro de uma igreja Católica do local.

O ladrão foi identificado como sendo Jorge Luís Bispo dos Santos, de 34 anos, ele foi capturado por moradores da Vila Cosmo, após descer de um ônibus do BRT, onde teria realizado um furto de um celular dentro do coletivo, a vítima assaltada foi uma mulher de 36 anos.

Após realizar o roubo Jorge Luís desceu do veículo e saiu correndo pelas ruas do bairro, e foi denunciado pela vítima do assalto.

Publicidade
Publicidade

Então o ladrão começou a ser perseguido pelos moradores da região. Ele seguiu sentido a Avenida Vicente de Carvalho, onde tentou se esconder da população dentro da Igreja Católica Nossa Senhora do Carmo.

O templo religioso foi cercado pelos moradores, e alguns deles entraram no templo para pegar o fugitivo. Antes de levá-lo, os moradores fizeram ele se ajoelhar dentro da igreja e pedir perdão a Deus pelo que tinha feito. A cena foi gravada por um dos moradores que depois jogou as imagens na internet.

Na gravação ele é forcado a ajoelhar e pedir perdão a Deus, com os braços para cima Jorge Luís pede perdão a Deus e a Jesus, diz estar arrependido. O homem informa que é a primeira vez que teria tomado essa atitude, e que só á tomou, pois estava com muita fome. Segundo o acusado teria ficado 5 dias sem comer e acabou cometendo o furto.

Publicidade

Depois de pedir perdão o homem é retirado do templo religioso e levado pela população.

Conforme informações fornecidas pela Central de Garantia da Cidade da Polícia, após ser detido pelos moradores, Jorge Luís foi levado pela Polícia Militar até uma delegacia da região. Após depoimento, o delegado plantonista o autuou em flagrante pelo #Crime de furto, mediante provas colhidas. Depois o homem foi encaminhado para audiência de custódia.

Segue abaixo o vídeo, onde mostra o momento em que Jorge Luís é alcançado pelos moradores dentro da igreja. Confira e deixe sua opinião que é muito importante para nós.

#Investigação Criminal