A revolta da população cresce da mesma forma que a criminalidade assola a vida das pessoas. A cada dia mais cidadãos indignados com a falta de segurança acabam agindo com suas próprias mãos para sobreviver aos ataques de criminosos.

Esse gesto não é recomendado pelas autoridades, pois é no momento que a vítima reage que o criminoso pode ferir alguém. Mas, diante do aumento exorbitante da criminalidade, ficam refém de um bandido já é rotina para alguns brasileiros que foram alvos de criminosos por mais de uma vez na vida.

Os bandidos procuram locais com muitas pessoas para cometerem assaltos e roubos contra pessoas de bem.

Publicidade
Publicidade

Transportes públicos como metrôs e ônibus em grandes centros urbanos são os alvos mais comuns de bandidos que buscam assaltar um grande número de pessoas.

Mas, nem sempre o bandido pode levar a melhor e o jogo pode virar em poucos segundos. Como o caso dos passageiros no Rio de Janeiro que conseguiram fazer um ladrão de refém.

O criminoso teve sua arma apreendida por um passageiro que pressionou o ladrão em um banco pedindo para que o motorista do ônibus ligasse para a polícia. Indignados, os passageiros começaram a agredir o ladrão, que pedia clemência.

O ladrão estava com uma arma que é mostrada por passageiros que seriam vítima do criminoso. Em um momento de descuido o jogo virou, e graças a audácia de um homem no ônibus, o ladrão ficou sem sua arma.

Indefeso, o ladrão se viu contra quase dez homens ferozes por terem sido ameaçados pelo criminoso.

Publicidade

No vídeo é possível ver o ladrão sendo atacado diversas vezes pelos populares, que lincharam o criminoso no ônibus no estado carioca. Assista:

O #Crime aconteceu em uma linha de ônibus em Nova Iguaçu e o ladrão deve ter aprendido uma lição após ser pego por populares no coletivo. A ação das pessoas impediu o criminoso de fazer novas vítimas na cidade e mostrou que, quando pessoas indignadas com a violência se unem, quem pode se dar mal mesmo é o ladrão que pode acabar virando vítima das pessoas que ele tentava assaltar em Nova Iguaçu no Rio de Janeiro. #Casos de polícia