Um animal grande e peludo foi visto por várias testemunhas esta semana na pequena cidade de #Iguatemi (MS). O animal é associado a um #Lobisomem. Na madrugada de terça-feira (21) moradores da cidade, que fica a cerca de 450 quilômetros de Campo Grande, capital do Estado, chamaram a Polícia Militar para a captura de um "corpo estranho". Moradores afirmam se tratar de um lobisomem.

O principal relato do caso é de uma mulher, a professora Regina de Abreu, de 55 anos. Ela afirma que voltava para casa de uma das filhas antes da meia-noite e avistou um "monstro" no matagal. A mulher mora no bairro Waloszek Konrad.

Esse "monstro" teria uma cabeça grande, focinho comprido e muito peludo.

Publicidade
Publicidade

Ela afirma que o bicho tentou morder seu braço, mas não alcançou porque estava com vidro do carro meio fechado. Seu marido, que também estava no carro, não avistou nada.

O marido pediu para que a mulher esquecesse o fato, mas, logo depois, outra mulher contou a mesma história. Um "monstro", que parecia um lobisomem, estava tentando atacar pessoas que passavam no local. Após as tentativas de ataque, o animal sempre fugia para o mato. Cerca de 30 pessoas se mobilizaram com foices para caçar o “monstro” durante madrugada. Assista ao vídeo abaixo feito durante a caçada.

A Polícia Militar afirmou ao site G1 que relatos desse animal são comuns na região, que já foi visto por diversas pessoas, mas foi a primeira vez que pediram a intervenção da PM. Na cidade, que tem cerca de 15 mil habitantes, o assunto é só esse, o lobisomem.

Publicidade

Ninguém que mora ali duvida mais de sua existência.

Outro Caso

Um homem aposentado de 62 anos também garantiu que já viu o suposto lobisomem duas vezes. A última aparição aconteceu quando ele voltava para casa, um sítio afastado da cidade. Ele descreve o animal como uma fera com muitos pelos, corpo corcunda, orelhas enormes e focinho comprido.

O aposentado estava de bicicleta e deu um pulo quando o animal investiu e rosnou em sua direção, mas não conseguir completar o ataque. Entretanto, o aposentado disse que o maior medo reside no fato dele ter certeza que se trata de um lobisomem.

Veja o vídeo de populares fazendo a caçada:

#Vídeo