O caso aconteceu nesta última quinta-feira (16), uma família que voltava para casa, foi abordada por bandidos armado com o veículo em movimento. Para fugir dos criminosos o motorista acelerou o veículo e acabou perdendo o controle, após ser emparedado pelos criminosos, batendo em um poste. Mãe e filha morreram no acidente e os outros três ocupantes do veículo ficaram feridos.

Maria Cristina Piascentini Feitosa, de 52 anos e Laísa Piascentini Ohmaye, de 25 anos, foram às vítimas fatais do acidente de carro. Laísa lutava contra um câncer de mama, e tinha uma família que a apoiava muito. Em uma foto publicada em uma rede social, mostra sua mãe com os cabelos bem curtos iguais ao dela, quando teve que raspar os cabelos por conta da quimioterapia.

Publicidade
Publicidade

Marisia Vilela, advogada da família, informou que a família teria saído na madrugada da quinta-feira, para ir até ao aeroporto buscar um amigo da família que estaria chegando da Colômbia. Na volta para casa, bandidos emparedaram o veículo em que a família estava. E um dos criminosos tentou sair do veículo. O marido de Maria Cristina que dirigia o veículo, pediu que todos se abaixassem e acelerou o veículo. Ele acabou perdendo o controle do carro e bateu violentamente contra o poste.

Marisia lamentou o ocorrido, pois a jovem enfrentava de forma corajosa um câncer, sendo extremamente apoiada por sua família. Destacou que eles eram muito unidos e felizes.

Dentro do veículo ainda estava o irmão de Laísa de 14 anos, o rapaz colombiano de 18 anos, e o marido de Maria Cristina. O único que ainda permanece internado é o rapaz colombiano, os outros receberam atendimento médico e foram liberados.

Publicidade

O enterro das duas foi marcado por muita comoção, o marido de Maria Cristina esteve presente, e ainda estava muito chocado com tudo que aconteceu. Elas foram sepultadas nesta sexta-feira (17), no Cemitério Caminho do Céu em Itaquaquecetuba.

Segundo o boletim de ocorrência o impacto foi tão violento que arrancou o poste, o veículo ficou completamente destruído. Uma equipe do Samu esteve no local e constatou a morte das duas vítimas.

A polícia investiga o caso e está em busca das câmeras de segurança para poder tentar identificar e punir os criminosos.

#Crime #Casos de polícia