Crimes bárbaros chocam todo mundo, seja pelas histórias macabras ou pelos requintes de crueldade, que mais se assimilam a histórias de cinemas de terror. São acontecimentos horripilantes, onde pessoas acabam perdendo suas vidas de forma trágica comovendo milhares de internautas, que ficam chocado com tanta maldade cometida contra pessoas do bem.

Infelizmente esses crimes são cada vez mais frequentes, e chega a assustar qualquer um que nunca imagina que isso possa acontecer em sua casa. Mas, o #Crime não escolhe o momento de acontecer e é praticamente impossível prever algum ato antes que o sangue seja derramado. Somente o criminoso carrega consigo a vontade suficiente para impedir que o crime aconteça, arrependendo-se antes que tudo vire realidade.

Publicidade
Publicidade

Isso para crimes premeditados, onde os assassinos ficam tempos planejando e detalhando a morte de sua vítima em pensamentos horríveis. Alguns chegam até a contar o desejo para algum amigo ou até mesmo em forma de ameaça para a própria vítima, que não percebe o que pode acontecer de pior com ela, caso as ameaças tornem-se realidade.

Pior ainda é quando os crimes são cometidos contra pessoas inocentes, completamente incapazes de se defender, como as crianças. Crimes envolvendo crianças chocam a todos, ainda mais quando é cometido por alguém tão próximo, como uma mãe.

É difícil de acreditar, não é? Mas um crime chocante como esse foi descoberto em Santa Catarina, e ele só veio a tona após outra pessoa morrer. Policiais acabaram descobrindo que uma mãe matou sua própria filha de três anos quando algo terrível aconteceu com a família.

Publicidade

Os policiais foram chamados após o marido de Raquel Aguillera Martins morrer em um acidente de trânsito na cidade de Palmas. A cidade onde o acidente aconteceu fica localizada na divisa de Santa Catarina com o Paraná.

Ao ser questionada sobre a filha do casal, Raquel demonstrou nervosismo, o que fez as autoridades desconfiaram da mulher, que acabou confessando ter matado a menina de três anos. A filha do casal foi enterrada em uma cidade no interior de Santa Catarina e os peritos ainda não sabem o que causou a morte da menina. Grávida, Raquel foi presa após confessar crime que chocou todo o país. #Casos de polícia