O Brasil desafiou as probabilidades para sediar os Jogos Olímpicos no #Rio de Janeiro no ano passado, mas agora seus estádios e instalações foram deixadas em ruínas pelo #Governo. Os organizadores do Rio 2016 ainda devem aos credores em torno de 106 milhões de reais, e o país passa por sua pior recessão em décadas.

As imagens divulgadas pelo site Mirror, mostram o estádio do Maracanã com o campo destruído, instalações abandonadas e piscinas com águas escuras e sem tratamento, e isso vêm acorrendo apenas seis meses após a conclusão dos jogos no Rio de Janeiro, onde foram disputados as maiores modalidades do mundo.

O governo do Rio de Janeiro conseguiu sediar os jogos, apesar dos temores de crimes, corrupção e gastos excessivos nas obras, para exibir o maior evento esportivo do mundo.

Publicidade
Publicidade

O estádio do Maracanã, apesar dos quase 1 milhão e meio de reais gastos com a sua renovação antes da Copa do Mundo de 2014, foi realizada uma nova reforma para as #Olimpíadas e mesmo assim foi deixado em ruínas e em um estado de perigo apenas alguns meses depois de sediar a abertura extravagante e o encerramento do evento, que foram transmitidos para milhões de pessoas em todo o mundo.

O governo do estado do Rio continua sendo o administrador do estádio, mas eles lutam com os organizadores das Olimpíadas para pagar uma dívida que gira em torno de 2 milhões e meio de reais só em contas de energia elétrica não pagas, resultando em um possível desligamento geral do local.

Imagens mostram como o gramado do Maracanã foi deixado abandonado e os assentos das arquibancadas foram arrancados

As televisões que transmitiam os resultados e resumos das provas foram roubados por vândalos, o resto do parque olímpico foi cercado e permanece sem nenhum cuidado.

Publicidade

O governo está buscando empresas que possam gerir os locais, mas nenhuma quer assumir essas dívidas deixadas.

Apenas quatro das arenas permanentes estão sendo usadas pelo governo, incluindo o centro de tênis olímpico, que foi recentemente utilizado para uma competição de vôlei de praia, o campo de golfe Olímpico está recebendo alguns jogadores, mas possui pouco dinheiro que nem supre as necessidades de sua manutenção. As instalações temporárias, incluindo as arenas de natação e handebol, ainda não foram retiradas e permanecem com aspecto de abandono.

Os apartamentos onde os atletas ficaram hospedados, também permanecem em grande parte não utilizados. Apenas 260 dos 3.604 apartamentos foram vendidos.

Mais imagens do abandono