De acordo com informações do portal de notícias G1, a justiça de São Paulo decidiu pedir a prisão preventiva de uma mulher do grande ABC, acusada de atropelar e matar de propósito o próprio namorado. Por questões judiciais, não revelaremos o nome da acusada, que tem trinta anos. Por questões didáticas, chamaremos a mulher de 'Júlia'. Ela é acusada de atropelar Daniel Masson, de trinta e cinco anos. 'Júlia' pode ser vista em vídeos de câmeras de segurança na noite do #Crime. O namorado da garota aparece indo até a janela do veículo que ela dirige. Irritada, a motorista arranca parte da roupa do namorado. Daniel consegue sair andando. É nesse momento que a mulher atropela o homem. Ela ainda teria dado marcha ré e atropelado novamente o homem.

O crime o correu às nove da noite do último sábado, 18.

Publicidade
Publicidade

No momento do atropelamento, a rua estava cheia. O casal estava em um bloco de Carnaval. 'Júlia' teria se irritado e tido um ataque de ciúmes com Daniel durante o bloco de Carnaval. Testemunhas entrevistas pelo G1 confirmam que a motorista atropelou o homem, deu ré e o atropelou novamente, mostrando assim que estava mesmo com vontade de matar o namorado. O rapaz acabou sendo levado para um hospital da região, mas, infelizmente, acabou não resistindo.

A Rede Globo de Televisão fez uma reportagem sobre o caso e entrevistou uma mulher que viu o momento que 'Júlia' atropelou Daniel. Ela lembra que apenas o pé do rapaz ficou para fora do carro. Até a cabeça do namorado teria ficado embaixo da roda. Os transeuntes chegaram a usar um "macaco" para tirar o peso sobre o homem. A namorada acabou sendo presa em flagrante.

Publicidade

Na delegacia, a jovem disse que foi agredida física e verbalmente pelo namorado e que, no momento do crime, estava fora de si. Ela confirmou que passou várias vezes em cima do rapaz.

Veja abaixo o vídeo que mostra a mulher atropelando duas vezes o namorado. Atenção, a reportagem é da TV Globo e, portanto, os direitos autorais são da emissora. Por isso, o vídeo não está nessa plataforma, mas pode ser visto a partir do hiperlink abaixo.