As cenas de um #Acidente divulgadas essa semana nas redes sociais chocaram os internautas, devido à irresponsabilidade de uma mãe. Nas imagens a mulher aparece com um bebê de colo nos braços, o que não teria nenhum problema, se ao mesmo tempo ela não estivesse pilotando uma motocicleta. A filmagem foi feita por um cinegrafista amador que também estava no trânsito e ficou assustado com a situação. A mãe que vestia blusa vermelha e calça preta pilotava uma moto, enquanto segurava uma bebê com macacão rosa, provavelmente uma menina. A criança aparenta ter no máximo oito meses de idade, e fica sem nenhuma proteção encima do veículo. A situação assustou também os outros motoristas que estavam no trânsito no momento, e que acompanhavam incrédulos uma tragédia anunciada.

Publicidade
Publicidade

E foi exatamente isso o que aconteceu, nas cenas é possível ver que poucos minutos depois de arrancar com o veículo a mulher se desequilibra alguns metros para frente e cai da moto com a criança. As imagens impressionam e por sorte ela estava em baixíssima velocidade, o que permitiu que o impacto no chão fosse pequeno. No momento da queda, praticamente perto do meio-fio, a mulher ainda consegue não deixar a criança bater no chão, segurando-a por cima do próprio corpo. Por sorte outros pedestres passavam pelo local no momento do acidente, rapidamente pegam a criança no colo, e tenta ajudar a mulher que continua caída no chão. Depois de levantar a ‘mãe irresponsável’ parece sentir dor nas pernas, pois caminha com certa dificuldade. Assista às cenas chocantes no link a seguir:

Nas redes sociais as pessoas comentaram sobre o vídeo, um post foi colocado juntamente com as imagens explicando que pelo código de trânsito do nosso país é crime transportar crianças menores de sete anos em motos, uma vez que as mesmas não são capazes de cuidar de sua segurança.

Publicidade

A multa pode chegar até a cinco mil reais e o motorista fica com a carta de trânsito suspensa e terá o veículo apreendido. Ainda que os pequenos tenham mais de sete anos a orientação do Detran é que as crianças tenham uma altura mínima para poder andar na garupa da moto. Além disso, é preciso avaliar todo o material de segurança necessário para o transporte confiável. Os capacetes de proteção, por exemplo, devem ser tamanho adequado ao formato da cabeça da criança, não podendo ser utilizados os capacetes de adultos. Alguns internautas, disseram ser um absurdo que uma mãe coloque o próprio filho em uma situação de risco como essa, e que infelizmente essa ainda é uma situação muito comum em alguns estados no nosso país.