Na tarde desta última terça-feira (07), duas tragédias consecutivas deixaram uma única família desolada em Birigui, no estado de São Paulo. Um homem, identificado como Leonel Aparecido Mundinho de Araújo, de 34 anos, morreu após sofrer um acidente vascular cerebral em sua própria residência no último fim de semana. Segundo os policiais que atenderam à chamada, juntamente com a equipe de Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), o jovem ainda foi socorrido pelos agentes e levado às pressas até o hospital regional, chegou ao pronto atendimento, ficou internado por três dias, mas acabou morrendo nesta última terça-feira. Como se não bastasse a perda irreparável para a família mais uma tragédia aconteceu poucas horas antes da morte do homem.

Publicidade
Publicidade

A irmã dele, Luzinete Mundinho de Araújo, de 34 anos, ao ficar sabendo do falecimento do irmão caçula começou a passar mal. Ela iniciou com sintomas de infarto agudo do miocárdio, como sudorese, taquicardia, dor anginosa em aperto no peito, ao receber a notícia. Outra equipe foi chamada até a residência da mulher, mas infelizmente a mesma teve um infarto fulminante e nem chegou a ser levada pelos socorristas ao pronto atendimento. O corpo da jovem foi levado para o IML por se tratar de morte em casa, onde passou por serviço feito pelos peritos para identificar a causa da morte, logo depois ela foi reconhecida pelos parentes.

Para os familiares a dupla tragédia representa uma tristeza sem fim. Vários parentes e amigos se manifestaram através das redes sociais e disseram estar consternados com a perda.

Publicidade

Alguns chegaram a dizer que como se não bastasse a morte de um familiar, a dor estava insuportável com a morte da jovem. O velório dos irmãos aconteceu na manhã desta quarta-feira (08), e eles foram enterrados no cemitério municipal da cidade. Dezenas de pessoas passaram pelo rito fúnebre para prestar as últimas homenagens aos mortos e dar condolências à família nesse momento de muita dor e sofrimento.

Mulher que sofreu infarto ao saber da morte do irmão.

#Notícias