De acordo com informações do portal de notícias G1, em matéria publicada nesta quarta-feira, 8, uma adolescente de 14 anos, que não teve o nome revelado, teria assassinado o próprio pai de 35 anos. O motivo, segundo ela, é que o pai a estuprava há pelo menos dois anos. O caso foi levado para ser investigado plea polícia civil do Acre, onde os estupros ocorreram. De acordo com a perícia médica, ficou constatada que a jovem teve conjunção carnal, ou seja, que ela realmente foi abusada sexualmente. De acordo com a polícia civil, a jovem não deve ser aprendida em um abrigo para menores, já que o caso, segundo a constituição brasileira, é considerado legítima defesa.

Publicidade
Publicidade

De acordo com informações da Polícia, no dia em que foi registrado o caso, o pai da menina teria chegado extremamente bêbado em casa. Ele pegou uma faca e foi até o quarto da garota. No local, ele a ameaçou. De acordo com a menina, o pai teria dito que caso ela resistisse, ele assassinaria ela r ia assassinar também toda a família. Enquanto a garota gritava para não ser estuprada mais uma vez, a mãe acordou para ir ao banheiro. Percebendo que a filha estava sendo abusada, ela entrou em uma luta corporal com o marido. Enquanto eles brigavam, a menina tomou uma decisão. Ela lembrou que o pai tinha guardado em um armário da casa uma espingarda. Com a arma, ela deu um tiro no pai e ele foi Fatal. O homem morreu na própria residência. O crime ocorreu na terça-feira, dia 7, mas só agora o caso foi relatado pelas duas.

Publicidade

Crimes como esse são bastante comuns em todo #Brasil. De acordo com pesquisas a maior parte dos abusos ocorre por pessoas da família ou conhecidas da vítima. No ano passado, um crime tomou grandes proporções na mídia brasileira e Internacional. Uma menina de 16 anos de uma comunidade da Zona Oeste do Rio de Janeiro acabou sendo violentada por diversos homens. A garota chegou a dizer em depoimento à polícia civil que o abuso sexual ocorreu por mais de 30 criminosos. No entanto, um número bem menor foi parar na cadeia.