A notícia foi divulgada nesta terça-feira (31), quando um #Pastor evangélico foi preso por suspeita de abusar sexualmente de quatro crianças de oito e nove anos de idade na cidade de Sobral, no Ceará. Uma das molestadas pelo homem era sua própria sobrinha, que ainda era obrigada a chamar outras meninas.

Segundo a delegada que está à frente desse investigação, Adriana Savi, as buscas pela prisão do suspeito iniciaram no começo do mês, quando a Polícia foi chamada por meio do Conselho Tutelar para averiguar uma acusação de violência sexual contra crianças. As autoridades da cidade iniciaram as buscas e encontraram todas as vítimas.

Publicidade
Publicidade

As meninas passaram por exames psicológicos e de corpo de delito, que confirmaram o #Crime contra elas.

De acordo com Adriana, os abusos foram praticados há cerca de dois meses, e o pastor usava a sobrinha, que também era abusada, para conseguir mais crianças. "Os parentes das vítimas não imaginavam que o homem cometia esse tipo de crime com as crianças, por confiarem plenamente nele. Ele se aproveitava do seu posto de pastor e usava a própria sobrinha como 'isca' para se aproximar delas com o argumento de unir as crianças para brincarem juntas", relatou a delegada.

O suspeito foi detido na hora em que ele estava indo para a delegacia, atrás de notícias sobre um boletim de ocorrência por furto e arrombamento de residência. O pastor não fazia ideia que contra ele já tinha um mandado de prisão.

Publicidade

Ele foi preso e interrogado, mas negou todos os abusos e acusações.

Esse caso revoltou a cidade, e muitos queriam matar o suspeito, que pode ser liberado se não encontrarem mais provas que o incriminem.

A responsável pelo caso acabou dizendo que as apurações vão continuar com intuito de reunir mais provas dos abusos e tentar encontrar outras vítimas desse homem. Ela pede que os pais tenham mais atenção sobre atitudes dos filhos. Explica que as crianças costumam dar sinais quando estão sendo abusadas sexualmente. O principal é começar a ter uma conduta mais erotizada. #Abuso Sexual