Durante troca de tiros, a Polícia Civil de Minas Gerais acabou matando 7 criminosos em tentativa de assalto a uma agência bancária na cidade de Monte Verde, norte do estado, na madrugada da última quinta-feira (16). A #quadrilha, composta por 8 criminosos, portava armamento pesado e foi surpreendida pelos policiais, quando estavam na frente da agência bancária.

Conforme informou a Polícia Civil, a quadrilha era do estado de São Paulo e responsável por outros assaltos do mesmo tipo, praticados em agências bancárias de cidades do norte de Minas Gerais. Os bandidos estavam sendo monitorados pelos policiais.

A operação policial

De possa da informação de um novo ataque, 40 policiais civis se prepararam para flagrarem a ação da quadrilha.

Publicidade
Publicidade

Os policiais ocuparam quartos de um hotel nas proximidades, onde foram alocados alguns atiradores de elite e ainda utilizaram uma escola, que fica nas proximidades. Às 3 h da madrugada, os bandidos chegaram em uma caminhonete, portando armamento pesado - fuzis, metralhadoras e carabinas.

Naquele instante, os policiais realizaram abordagem anunciando voz de prisão aos criminosos, que reagiram, iniciando assim uma troca de tiros. Os oito suspeitos foram alvejados, sendo que 7 deles morreram e um outro foi atingido na perna e encaminhado ao hospital, onde está preso, sob forte escolta policial. Segundo o delegado responsável pelo caso, Renato Nunes, a quadrilha era perigosa e não agia apenas com explosão de caixas eletrônicos, mas também com explosões em cofres de bancos.

Quadrilhas aterrorizam o país

A investigação apontou que a quadrilha era de São Paulo e estava atuando ultimamente no norte de Minas Gerais.

Publicidade

Entretanto, quadrilhas do mesmo gênero e periculosidade atuam em várias regiõess do país. Na semana passada, por exemplo, em Santa Catarina, três criminosos foram mortos e outros três presos durante tentativa de #assalto a caixa eletrônico, na cidade de São João Batista.

Na ocasião dois policiais civis foram baleados, mas sobreviveram. Logo em seguida, no sul do estado, a quase 200 km da cidade, policiais civis encontraram um veículo abandonado contendo explosivos e armamento pesado, pertencente à quadrilha.

A legislação fraca é quase uma certeza da impunidade, fazendo com que os criminosos fiquem cada vez mais ousados. #policiacivil