A missionária da Assembleia de Deus Leandra Nascimento está sendo mais uma vítima no mundo gospel. Dona de uma voz incrível, a missionária tem arrastado multidões por onde passa, trazendo carinho e admiração por seus fãs em todo o Brasil.

A polêmica que tem viralizado na internet vem tirando o sono da missionária e da sua família. Leandra Nascimento, por ser bonita e ter uma simpatia acima da média, teve seus vídeos de pregações postados em alguns sites pornográficos.

A intenção dessas postagens em sites adultos é simplesmente para poder mostrar que a missionária é dona de um corpo "magnífico e sedutor". Mesmo pregando em cima dos púlpitos, a missionária acaba arrastando os olhares da juventude e dos homens da #Igreja.

Publicidade
Publicidade

A #Pregadora é casa com um #Pastor, mãe de duas meninas e sempre se apresentou com saias e vestidos longos. Segundo o site O Fuxico Gospel, a pregadora Leandra é só mais uma vítima desses crimes virtuais que sempre tem aparecido na mídia.

Polêmicas no mundo gospel

Uma grande polêmica que teve uma repercussão em todas as redes sociais foi o caso do pastor Cláudio Duarte, onde apareceu um documento assinado informando que o cachê seria de R$ 50 mil para ele se apresentar em um evento religioso.

Dias depois, a assessoria do pastor informou que o dinheiro seria para pagar toda a estrutura do evento.

Em 2016, a figura da cantora e pastora Ana Paula Valadão acabou virando meme e viralizou em todos os grupos do Facebook e WhatsApp.

No velório da sua avó, a cantora não largava a mão da avó ao dar um último adeus.

Publicidade

Horas depois, a família Valadão e posicionou de forma contrária sobre o ato que acabou ridicularizando a cantora.

Outro fato que tem deixado os evangélicos de cabelo em pé até hoje é o caso da pastora Lanna Holder, que deixou o marido para poder se casar com a cantora Rosânia Rocha. O casamento tomou uma repercussão tão grande que o casal acabou montando uma igreja voltada para o mundo gay.

A instituição cristã é chamada de Igreja Evangélica Cidade Refúgio e tem acolhido muitos gays que têm vontade de prestar cultos a Deus, o que acabou sendo tema de estudo religiosos nas igrejas evangélicas.