Uma mulher acabou pegando o próprio marido com outra. A cena, segundo a própria, como pode ser visto em um vídeo ao final dessa reportagem, teria sido registrada em um rio. A traidora, uma jovem ruiva, também seria casada. A fim de humilhar a mulher que pegou o seu marido, a esposa do infiel decidiu gravar um vídeo em que expõe a outra. Na sequência, a mulher humilhada a traidora e diz que ela estaria aprendendo a nunca mais fazer aquilo com qualquer outra mulher. "Não é bom ficar com homem casado?", diz a mulher durante a gravação do vídeo. Ela está acompanhada de uma amiga, que a ajuda no ato de causar humilhação à jovem.

Durante a agressão, a traidora não fala nada, como se fosse realmente culpada dos atos.

Publicidade
Publicidade

A mulher informa que viu os dois no bem bom no rio e que o marido da ruiva não ia gostar nada de saber disso. Enquanto apanha da casada, a ruiva apenas se protege e tenta chorar. Até a amiga da mulher que teve seu marido infiel flagrado com outra parece ficar com pena. "Amiga, deixa ela falar. Para de bater um pouco, ela quer falar", diz a amiga, que filma tudo. Não se sabe se de fato a garota do vídeo realmente ficou com um cara casado. No entanto, o vídeo com o espancamento acabou tendo grande repercussão nas redes sociais.

"Eu faria a mesma coisa", disse uma das mulheres que viu as imagens. A maioria das garotas acabou dando razão à espancadora. Algumas, no entanto, revelaram que ela deveria fazer isso a quem jurou fidelidade e tinha um relacionamento com ela, ou seja, o seu esposo. Quem apanhou mesmo foi a ruiva do vídeo.

Publicidade

Veja abaixo o vídeo que mostra a mulher apanhando da esposa do homem casado. Atenção, as imagens a seguir registram cenas de violência. Por isso, deixamos o alerta. Na sua opinião, a mulher casada agiu certo em bater na traidora e ainda filmar tudo, ou ela deveria mesmo era reclamar com o próprio marido, afinal, ela é casada com ele e não com a moça das imagens? Deixe sua mensagem. Ela é sempre muito importante para todos nós e ajuda no diálogo de temas revelantes à sociedade.

#Crime