A detenta mais famosa do Brasil, Suzane von Richthofen, recebeu um grande anúncio, recentemente. Ela foi pré-selecionada por um programa do governo, que pode ajudá-la a um grande sonho, cursar uma universidade. Condenada a trinta e nove anos pro ajudar a matar os próprios pais, Suzane pode receber o benefício do Fies, Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). A informação foi dada nesta segunda-feira, 13, pelo site da revista Veja. O programa em questão é bancado pelo governo federal, através do Ministério da Educação (MEC). O Fies ajuda estudantes de todo o Brasil a chegarem na universidade. Inicialmente, o governo paga pelo curso, mas depois o aluno é obrigado a devolver o que deve ao governo.

Publicidade
Publicidade

O governo utiliza uma taxa anual baixa de juros para tentar ter o dinheiro de volta, de 6,5%. Suzane prestou o vestibular, estudou e foi aprovada para fazer um curso presencial noturno em uma faculdade de Taubaté, no estado de São Paulo. A presa foi aprovada para fazer o curso de administração em uma faculdade católica, a 'Dehoniana'. A mensalidade não é das mais baratas, atualmente, R$ 596. A faculdade fica bem próximo ao local onde a presa mais famosa do Brasil está. O curso deve demorar ao todo cerca de quatro anos. A mulher do #Crime está na Penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletie desde o ano de 2006.

Com cerca de 11 anos de detenção, Suzane ultrapassa o um terço da pena máxima no país, que é de trinta anos. Pela nossa legislação, presos de bom comportamento, após cumprirem esse um terço, já podem ir para o regime semiaberto, é o que tenta a presidiária.

Publicidade

Ela sonha em estudar e montar um empresa de costura com máquinas recebidas pelo apresentador Augusto Liberato, o Gugu. Ele deu os equipamento de presente para Suzane e Sandrão, após uma polêmica entrevista feita por ele em seu primeiro programa da Record TV.

A notícia de que Suzane foi pré-selecionada pelo Fies revoltou muita gente nas redes sociais. Algumas pessoas reclamaram que pessoas necessitadas poderiam perder o direito de estudar. #Investigação Criminal