A criminalidade no Rio de Janeiro é bastante alta. Prova disso é que nessa segunda-feira, 13, um funkeiro famoso acabou sendo mais uma vítima das estatísticas. De acordo com informações do portal de notícias da Record TV, o R7, em reportagem publicada nesta terça-feira, 14, o famoso funkeiro é MC Frank, que faz muito sucesso no Rio de Janeiro. Ele foi alvejado por tiros assim que saiu de uma boate carioca. O profissional da música estava conversando com amigos, quando acabou sendo atingido. O funkeiro recebeu tiros no braço e na perna. Felizmente, os tiros não foram fatais.

Ele não foi a única vítima do tiroteio. O portal de notícias diz que outras duas pessoas também foram atingidas pelas balas enviadas pelos bandidos.

Publicidade
Publicidade

De acordo com testemunhas entrevistadas pelo R7, o #Crime começou com uma briga. Duas pessoas que estavam na boate começaram uma discussão, que culminou em troca de socos e, mais tarde, no tiroteio. O portal da Record não informa o que aconteceu com os envolvidos na situação e seus estados de saúde. Depois do susto, o funkeiro postou em uma de suas redes sociais um agradecimento: “Obrigado, meu Deus, por mais esse livramento”. Muitos seguidores, que já sabiam que ele foi atingido por um tiro, lamentaram a situação. Eles disseram que estavam orando para que ele ficasse bem o mais rápido possível.

O funkeiro não foi o único famoso vítima de um crime, recentemente, no Rio de Janeiro. No fim de semana, um cantor que fazia um show na escola de Samba da Mangueira, ao deixar o local, em um estacionamento da região, envolveu-se em uma discussão com um motorista de um Kombi.

Publicidade

O condutor do veículo acabou atacando o profissional da música com um golpe de chave de fenda. O músico chegou a ser socorrido por uma ambulância do Samu, que passava pelo local no momento da agressão, mas ao chegar no Hospital Municipal Souza Aguiar não resistiu. Pelo fato de ser um crime grave, o corpo do músico foi levado para o Instituto Médico Legal da cidade (IML), onde passou por perícia. #Investigação Criminal