Carlinhos ficou conhecido no Brasil e no mundo por ter previsto a tragédia envolvendo o avião do time da Chapecoense, que aconteceu em 29 de novembro do ano passado. Após a revelação dar certo, o paranormal não parou de ser chamado em programas de televisão. Em entrevista dada ao jornal 'O Dia', o espírita disse que o Rio de Janeiro será vítima de uma tragédia que matará centenas de pessoas. Ele garante que a Região Serrana da cidade maravilhosa será atingida por fortes chuvas, ainda nesse verão. O fato repetiria a maior tragédia natural do país, que aconteceu há alguns anos, quando quase mil pessoas faleceram em municípios como Petrópolis e Teresópolis.

No entanto, Carlinhos garante que, dessa vez, as mortes serão um pouco menores, entre duzentas e trezentas.

Publicidade
Publicidade

Em seu Facebook, o paranormal costuma repostar suas previsões e também falar sobre assuntos do momento. Após errar algumas vidências, o espírita tem perdido muitos fãs. A página dele no Facebook, por exemplo, está com menos de 100 mil curtidas. O nome dele é conhecido em todo mundo e suas vidências o fizeram, inclusive, a ser convidado para estar no Chile, onde ele previu que um grande terremoto atingiria o país.

Voltando ao Brasil, Carlinhos falou que no estado de São Paulo um terremoto faria desabarem mais de cem prédios. Nessa previsão específica, no entanto, ele não chegou a dizer quantas mortes aconteceriam. O paranormal ainda fala sobre o Sul do Brasil, dizendo que cidades de Santa Catarina, como Balneário do Camburiu seriam atingidas pelo crescimento das marés, que encobririam quarteirões inteiros.

Publicidade

A região é de forte turismo e preserva o parque do 'Betto Carrero'. Você acredita nas previsões? Comente!

Nessa semana, Carlinhos fez um vídeo em que pede ajuda a jornalistas e apresentadores para conseguir angariar funfos. "Esquece o Carlinhos #Vidente, quero arrecadar trezentas toneladas de alimentos para a sociedade", disse o paranormal na publicação. Ele pede ajuda a nomes como Sônia Abrão e a Edir Macedo para que o ajudem nessa campanha.