A polícia civil da cidade de Sinop, no Mato Grosso, tornou públicas imagens gravadas pelo circuito de monitoramento de segurança de uma agência de crédito financeiro. Nas cenas um ladrão consegue passar pelo detector de metais da porta giratória, mas acaba levando a pior.

A confusão aconteceu na tarde da última sexta-feira (17), na agência de Crédito Sicoob, localizada a cerca de 500 quilômetros da capital Cuiabá.

No vídeo é possível ver um bandido trocando tiros com o vigilante. As imagens começam com o criminoso tentando passar várias vezes pela porta giratória. Depois de tentar três vezes e ser barrado, ele finalmente consegue vencer a barreira, provavelmente porque o vigilante acionou a liberação, sem imaginar que estava diante de um assaltante.

Publicidade
Publicidade

O pior é que o suspeito não estava sozinho. Havia um outro meliante na ação, que já estava dentro do recinto.

O primeiro bandido a aparecer no vídeo está vestido com roupas escuras. Assim que ele consegue entrar no estabelecimento, vai direto para o profissional de segurança com a arma em punho.

O vigilante tenta afastar o revólver e eles entram em luta. Um tiro é disparado e acerta o assaltante, que corre para trás de um balcão, acessando outra parte da agência, no intuito de se proteger.

Depois, ele reaparece cambaleante e cai no chão, provavelmente em razão do ferimento grave. O comparsa aparece bem na hora, com uma camisa xadrez e segurando um conteúdo branco. Ele agacha próximo ao amigo ferido e pega algo. Aparentemente é a arma do companheiro. Depois dá alguns disparos e então se dirigir à saída.

Publicidade

Ao passar pela porta giratória, o bandido resolve deixar a arma, empurrando-a para dentro da agência. Na sequência tem a frieza de sair andando calmamente para despistar suspeitas na rua.

Segundo a Polícia Civil, o ladrão atingido acabou morrendo no local. Equipes da Polícia Militar empreenderam buscas na região para tentar identificar e prender o segundo assaltante, no entanto, até o último sábado (18), nenhuma pista ajudou no percalço do bandido, que continua foragido.

Quem tiver informações pode ligar para o 190, com garantia de anonimato.

#Crime #Casos de polícia