Nessa quinta-feira, 23, um vídeo começou a circular no Facebook e causou o espanto de muitas pessoas. Ele mostra um jovem subindo em um torre de energia elétrica e, segundos depois, levando uma tremenda descarga de energia. Não se sabe onde e quanto o ato do rapaz foi realizado, mas as imagens mostram também o corajoso homem com o corpo completamente machucado. Ele, certamente, caiu de uma altura de mais de dez metros, mas mesmo assim não faleceu. Com o corpo muito queimado, ele conversa com moradores da região. As pessoas questionam porque ele fez isso. O home, no entanto, fala tudo embolado e não dá para entender muito bem os seus argumentos.

Publicidade
Publicidade

Os especialistas advertem que a atitude que o homem das imagens não deve ser repetida. É recomendável que se mantenha afastado de torres como as mostradas no vídeo. Subir nelas então nem pensar. Isso porque quanto mais perto dos fios de alta tensão, mais propenso de levar um choque elétrico a pessoa está. O homem, talvez não sabendo disso, subiu nas torres. Muitas pessoas gravaram a sua peripécia e divulgaram o conteúdo online. Situações como essa são comuns no Brasil envolvendo crianças e adolescentes. Isso porque mutias delas tentam pegar as pipas que ficam presas em fios de alta tensão. O brinquedo que, muitas vezes custa cerca de R$ 1, já causou muitas mortes.

Além da possibilidade de levar um choque por conta da pipa, o uso do cerol durante a brincadeira também pode matar.

Publicidade

As linhas cortantes - como a chilena - são proibidas de serem vendidas e usadas no Brasil, assim como o próprio cerol. Mesmo assim, achar a venda desses produtos é comum.

Veja abaixo o vídeo que mostra o homem levando o choque poderoso. Atenção, as imagens podem ser consideradas fortes por nossos leitores. Na sua opinião, o que fez esse homem subir tão alto e quase pagar com a própria vida ao tomar tamanha atitude? Não esqueça de deixar o seu comentário. A sua opinião é sempre muito importante para todos nós e ajuda a estabelece o diálogo de temas importantes.

#Crime