Um veículo pegou fogo e explodiu no inicio da manhã desta terça-feira (7), na Avenida Mercedes-Benz, no Jardim Planalto de Viracopos, em Campinas. A cena foi filmada por um aposentado que passava pelo local na hora do incêndio. As imagens mostraram o momento exato da explosão, e impressionaram, pois a via estava movimentada no ato do acontecimento. Destroços do veículo foram espalhados pelo local.

Um caminhão do corpo de Bombeiros estava no local para combater o incêndio, no momento em que o veículo explodiu. Porém como a via não estava interditada, pouco antes da explosão os veículos circulavam normalmente pela via.

Nas imagens gravadas pelo aposentado dá para ver um ônibus com passageiros passando dois segundos antes da explosão.

Publicidade
Publicidade

As imagens mostraram uma parte inteira voando a metros de distância no momento da explosão. Além das partes pequenas terem se espalhado por toda parte. Até uma residência teve parte do telhado quebrado ao ser atingido por uma das peças. O veículo ficou completamente destruído, mas felizmente não houve feridos.

O corpo de bombeiros foi procurado pela imprensa para saber por que a área não estava interditada, já que havia riscos de explosão, porém não responderam nada até o momento.

De acordo com engenheiro mecânico e professor da Unicamp, Celso Arruda, a explosão pode ser sido causada por um vazamento de gás. Conforme ele provavelmente houve um vazamento de gás, após o carro ter se incendiado houve a explosão do tanque de combustível.

Celso ainda acrescentou que explosões de veículos acabam acontecendo quando há transporte de produtos inflamáveis no interior do automóvel, ou por uma instalação clandestina de gás natural.

Publicidade

Segundo ele quando a instalação do gás natural é feita de maneira correta e com a inspeção de um engenheiro, esse tipo de acidente não ocorre.

O corpo de bombeiros informou que o veículo era movido a gás natural, porém as causas do acidente ainda estão sendo investigadas.

O veículo era de propriedade da asseguradora Porto Seguro, e o motorista estava levando o veículo para oficina quando o incêndio começou, ele tentou apagar, como as chamas se alastraram logo, ele resolveu então chamar a corporação.

A Polícia Civil está à frente do caso e aguarda o laudo da perícia para saber as causas do incêndio.

Confira no vídeo abaixo o momento exato da explosão:

#Crime #Casos de polícia