O aplicativo exclusivamente para bate-papo mais popular no Brasil é o WhatsApp. Mesmo com a grande fama do Facebook e da rede social ter o seu 'Messenger', o brasileiro adora o formato criado pelo WhatsApp. Tanto é que muitos negócios são realizados pelo programa. No entanto, nesta quarta-feira, 22, tudo mudou. O WhatsApp decidiu criar uma nova ferramenta, o chamado 'Status', que nada mais é do que algo que já existia no Snapchat. Com isso, os usuários vão conseguir postar vídeos curtos, de até trinta e seis segundos, fotos, GIFs animados e outros tipos de arquivos, que assim como o Snapchat também apagará o conteúdo após vinte e quatro horas.

Publicidade
Publicidade

Mas como você fará para ver esse tipo de novidade? Haverá uma nova aba, que tem o nome de Status, e é nela que o usuário poderá ver uma espécie de timeline, com tudo o que os seus contatos publicam. Com isso, a ideia é que a rede social se torne mais comunicativa e compartilhável. É possível, no entanto, que o usuário não queira postar ou ver esse tipo de arquivo. Nesse caso, a aba continuará existindo, mas um campo branco, sem publicações, será exibido. É possível, inclusive, escolher para quais contatos você pretende mandar tais postagens diárias.

Nas redes sociais, o assunto WhatsApp disparou no Twitter. A mudança, que passou a ser efetiva no final dessa tarde e já pode ser baixada gratuitamente na Play Store, não agradou a maioria dos internautas. Eles acusam o WhatsApp de falta de criatividade e que copiar o Snapchat não foi muito inteligente.

Publicidade

O Facebook, recentemente, havia criado uma modalidade parecida, em que também é possível colocar as publicações para serem apagadas automaticamente em vinte e quatro horas.

Abaixo o leitor pode ver um vídeo instrutivo que mostra como a novidade do Status no WhatsApp funciona. Apesar do conteúdo estar em inglês, a diferença da língua não impede o entendimento. E você, o que achou de tamanha alteração? Não esqueça de deixar seu comentário. Ele é sempre importante para todos nós e ajuda no diálogo.

#Tecnologia