De acordo com a Folha de São Paulo, o vídeo gravado por dois grandes canais do Youtube - o canal "Você Sabia" e o canal do "Pyong Lee" - tem como objetivo trazer todos os lados positivos da nova #reforma do ensino médio. Ainda de acordo com a matéria, os mesmos teriam recebido dinheiro em um contrato feito com suas produtoras, a Digital Stars, para que o assunto fosse tratado em um vídeo explicando as melhorias no ensino médio com a nova reforma. Porém, de acordo com a produtora, no acordo deixava bem claro que o governo não poderia interferir no roteiro e que o vídeo não iria ter nenhum cunho politico.

Em outubro do ano passado, o canal "Você sabia" publicou um vídeo sobre a nova reforma

Um dos canais que falaram sobre o assunto, foi o canal "Você sabia", de Lucas Markes e Daniel Molo, que conta com mais de 7 milhões de inscritos.

Publicidade
Publicidade

A dupla abordou o assunto como todos os demais, com tom humorístico e cheios de espontaneidade. O vídeo foi publicado em outubro do ano passado, mas somente após a aprovação da medida foi que veio a tona a propaganda. De acordo a Folha, o Ministério da Educação teria pago cerca de 65 mil reais. "A gente já ia fazer um vídeo sobre o novo ensino médio, como recebemos a proposta, resolvemos aceitar". Afirmou um dos integrantes. O vídeo, você pode conferir abaixo:

Em janeiro desse ano, foi a vez de Pyong Lee fazer um vídeo falando sobre a nova reforma do ensino médio

O Youtuber Pyong Lee, que conta com mais de 3 milhões de inscritos, também aderiu a proposta do governo. Com o título "Ensino médio com 1400 horas por ano?", o japa fala de maneira extrovertida sobre um dos assuntos mais polêmicos do governo #Temer.

Publicidade

O vídeo foi postado em janeiro desse ano e já conta com mais de 86 mil visualizações. De maneira bem mais direta do que a dupla anterior, Pyong Lee - que nem costuma fazer esse tipo de vídeo - fala dos benefícios que a medida irá trazer para o alunos, que poderão optar desde cedo o que irão fazer do seu futuro, sem precisar perder tempo com conteúdos "desnecessários". O vídeo você confere abaixo.

Sancionada nessa quinta-feira, 16, pelo atual presidente Michel Temer, a nova reforma do ensino médio traz mudanças na carga horária, traz obrigatoriedade somente aos ensinos de português e matemática nos três anos do ensino médio. Também será compulsório os ensinos de inglês, artes, educação física, filosofia e sociologia. A proposta também traz a ideia do ensino integral para todas as escola de ensino médio. Países como Estados Unidos e Austrália trabalham com um modelo parecido. No entanto, os contrários a proposta afirmam que o novo modelo reduz a aprendizagem do aluno. #Medida Provisória