O ator Tony Ramos, acuado por conta da operação 'Carne Fraca', da Polícia Federal, decidiu falar pela primeira fez sobre a questão. Ele é garoto propaganda de um dos frigoríficos investigados, a JBS. A marca é responsável pela Friboi e pela Seara. Tony Ramos fazia propagandas para a Friboi, enquanto Fátima Bernardes era o marketing da Seara. A Polícia Federal identificou que as empresas envolveram-se em um grande esquema de corrupção, cujo principal objetivo era vender carne estragada. Os alimentos ou estavam vendidos ou eram vendidos com uma qualidade pior do que a indicada.

Em entrevista sobre o assunto, Tony Ramos decidiu contar tudo o que sabe.

Publicidade
Publicidade

De acordo com ele, o que está acontecendo em todo o país o deixou muito surpreso. A entrevista dada ao portal de notícias EGO foi reveladora. O ator disse que não tem qualquer relação com o suposto esquema de corrupção da empresa, revelando que seria apenas um contratado da JBS. Além disso, tal contrato, segundo ele, acontecia por meio de uma empresa de publicidade e não diretamente com a JBS. O ator, que fez personagens marcantes na televisão, não quis falar tecnicamente sobre o assunto e disse que não sabia exatamente como a ação da Polícia Federal estava agindo. No entanto, ele defendeu a Fribou, revelando que existe um controle das embalagens e que nelas há um código de barras, no qual o consumidor conseguiria controlar o controle da expiração da data de validade do produto.

"Eu já visitei uma das fábricas, continuo comprando os produtos Friboi, tenho carnes deles agora no meu freezer e uso nos meus churrascos do fim de semana", garantiu ele, que continua comendo a carne.

Publicidade

Tony Ramos ainda revelou que acredita que o alimento seja de boa procedência e que, após a repercussão do caso, entraria em contato com a JBS. Por conta do esquema criminoso, mais de 30 pessoas foram presas. O nome de Tony Ramos não é investigado pela Polícia Federal, mas por ser uma pessoa famosa e promover a marca, seu rosto estampa muitas matérias contra a Friboi. #Polêmica #Crime