Durante a madrugada deste último domingo (26), um homem foi duramente agredido durante uma briga em um posto de gasolina, nas proximidades da Avenida Paulista, na grande São Paulo. A vítima foi identificada como o produtor de eventos Henri Seraphini, de 35 anos, e está internado em estado grave, depois de ter sido espancado até perder a consciência. Ele estava acompanhado da namorada no momento da confusão. Ela tentou inclusive conter o agressor para que a violência gratuita tivesse fim. Toda a ação do criminoso foi flagrada pelas câmeras do circuito externo de segurança do posto de combustíveis. As imagens mostram momentos de horror, quando a briga começa e parece sair do controle.

Publicidade
Publicidade

Segundo testemunhas que estavam no local, a discussão teria começado minutos antes em uma padaria que fica em frente ao local onde as agressões aconteceram. Os dois homens teriam começado a discutir depois que o suspeito teria assediado a namorada de Henri. Ele então teria tomado satisfação com o agressor, que não aceitou a reprimenda e o perseguiu até o posto de gasolina onde o mesmo teria parado para ir à loja de conveniências. Pelas cenas é possível ver que a namorada percebe a presença do homem e tenta segurá-lo antes que as agressões tivessem início. Assista ao vídeo do momento da briga:

De acordo com a Polícia Civil, que investiga o caso, o produtor ainda teria corrido do suspeito cerca de cem metros até um ponto de ônibus, onde então teria sido alcançado por ele e espancado de forma brutal por cerca de vinte minutos.

Publicidade

A namorada da vítima chamou pelo Serviço de Atendimento Móvel (SAMU), e Henri foi levado em estado grave para o hospital. Durante atendimento médico ficou constado que o mesmo teve traumatismo craniano, sofreu um edema de coluna cervical, e está em coma. Ele precisou ser transferido para Unidade de Terapia Intensiva devido à extensão dos ferimentos. A namorada está extremamente assustada, e não quis falar à imprensa. De acordo com os familiares o #Crime foi um absurdo e o agressor deve ser punido. O suspeito fugiu do local logo após as agressões, e vem sendo procurado pela polícia para prestar esclarecimentos. #Investigação Criminal