O jornal Extra desta quarta-feira, 8, deu destaque a um vídeo criminal que deu o que falar. As imagens mostram um bandido realizando assaltos na Zona Norte do Rio de Janeiro. O assalto teria ocorrido durante a noite da data em que a mulher comemora o seu dia. Segundo o Extra, o suspeito acabou levando tiros após tentar assaltar um motorista. O Batalhão da Polícia Militar de São Cristóvão confirmou as informações e disse que o suspeito, após ser baleado, foi levado para o Hospital Municipal Souza Aguiar, localizado no Centro do Rio de Janeiro.

As imagens acabaram sendo divulgadas nas redes sociais e viralizaram. O bandido baleado chega ao lado de outro em uma moto.

Publicidade
Publicidade

É nesse momento que eles abordam um motorista. O que os dois não imaginavam, no entanto, é quem estaria no carro logo à frente da ação criminosa. O passageiro de um dos veículos, que estava na região, desceu do carro e começou a dar tiro em direção aos meliantes. Populares confirmaram que o atirador, na verdade, seria um policial militar, que não estava vestido de farda e que, por isso, não chamou a atenção dos criminosos. O Extra diz que tentou confirmar essa informação com a PM, mas até o fechamento de sua reportagem, não havia um feedback confirmando o fato.

A cena criminal foi gravada por um morador da área. Ele, que prefere não se identificar, publicou o vídeo em seu Facebook. O assalto ocorreu pouco antes das 20h, no bairro da Tijuca. "Olha os caras assaltando aqui, na frente da minha casa.

Publicidade

Acabaram de roubar a moto de um cidadão. Estão roubando, estão agredindo o cara. Um morreu", escreveu ele na rede social.

Veja abaixo o vídeo que mostra o bandido sendo baleado, após realizar uma tentativa de assalto. Atenção, as imagens a seguir contém imagens de violência e podem ser consideradas fortes por algumas pessoas. Por isso, deixamos o nosso alerta. E você, o que achou da atitude do motorista? Deixe seu comentário. Ele é sempre muito importante para todos nós e ajuda no diálogo de temas importantes para a sociedade.

#Crime #Investigação Criminal