Na tarde desta última quinta-feira (23), uma jovem sofreu queimaduras graves depois que uma adolescente, de apenas 16 anos, a mando de uma tia, teria jogado óleo quente em suas costas, no bairro Ilha de Maré, em Salvador, Bahia. O crime teria sido motivado por ciúmes e uma briga entre as partes. Segundo o relato da mãe da vítima, identificada como Elen Macedo Barcelar, de 18 anos, a filha e a mulher teriam se desentendido depois de alguns boatos. A mandante do #Crime, Leani, que é prima do marido da vítima, já teria tido um relacionamento com o homem, e ao saber disso a jovem teria tentado tirar satisfação do caso. As duas já estariam trocando ofensas há muito tempo, até que na última quarta-feira (22), tiveram um desentendimento com agressões físicas perto da casa onde a vítima morava.

Publicidade
Publicidade

Ao saber da briga a mãe de Elen, foi até a casa de Leani para pedir desculpas pelo comportamento agressivo da filha para com a mulher. No entanto, a confusão não terminou por aí, e acabou em tragédia. A mulher teria mandando uma adolescente, sua sobrinha, ir até a casa de Elen e jogar óleo quente na mesma. A menina tocou a campanhinha da casa e assim que vítima atendeu recebeu um banho com o óleo fervendo. Desesperada a mãe da jovem pediu por socorro, e uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), foi acionada para levá-la para o Pronto Atendimento do Hospital Geral do Estado.

A vítima foi atingida no rosto, nos braços, nas costas e nas pernas. Sofreu queimaduras de terceiro e quarto grau. Ela chegou a perder parte do couro cabeludo e do cabelo, além de ficar com o rosto deformado.

Publicidade

Segundo a mãe da jovem, todo o crime teria sido motivado por ciúmes, e por inveja que a mulher tinha de sua filha que sempre foi muito atraente. Elen segue internada na ala de queimados, e seu estado de saúde é delicado, devido à extensão dos ferimentos. Agora, a mãe dela pede por justiça, e para isso precisa de auxilio de algum advogado para entrar com o processo. Ela também está pedindo ajuda de pessoas que possam colaborar para que a jovem consiga fazer cirurgias plásticas de reconstrução no rosto, para voltar a ser feliz. O marido de Elen não se manifestou sobre o caso. A polícia agora investiga, e deve ouvir as partes.

#Investigação Criminal