Trabalhadores que ainda não sacaram os recursos das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (#FGTS) terão ainda mais duas horas extras por dia para resgatar o valor. A #Caixa Econômica Federal informou que as agências vão abrir às 9h nesta segunda-feira (13) e terça-feira (14), em todo o território brasileiro na tentativa de minimizar as longas filas.

Cerca de R$ 1,8 bilhão foi sacado somente no primeiro dia, na última sexta-feira (10), levando 1,4 milhão de trabalhadores às agências bancárias, caixas eletrônicos e lotéricas de todo país. Quem é cliente do banco teve o #Dinheiro depositado diretamente na conta, segundo o governo, totalizando outros R$ 2 bilhões.

Publicidade
Publicidade

Já no sábado (11), 1.841 agências bancárias abriram as portas mais cedo para atender a demanda, das 9h às 15h. Neste dia, o funcionamento do banco foi exclusivamente para quem procurou saber ou resgatar o pagamento das contas inativas.

Quem pode sacar o FGTS

Trabalhadores que foram demitidos por justa causa ou pediram para sair do emprego até 31 de dezembro de 2015 estão aptos a sacar o valor do FGTS. Segundo o governo federal, os recursos serão liberados de acordo com o mês de aniversário. Por enquanto, quem nasceu nos meses de janeiro e fevereiro tem direito a sacar a quantia. Ao todo, 49,6 milhões de contas inativas poderão embolsar os recursos liberados.

A perspectiva é que o valor seja aplicado para o pagamento das dívidas dos trabalhadores. Com isso, haverá uma injeção na economia brasileira na tentativa de restabelecer a recessão econômica no país.

Publicidade

A medida foi anunciada, no fim do ano passado, pelo presidente Michel Temer (PMDB), porém não há nenhuma necessidade de informar na hora do saque para onde os recursos serão destinados.

Para consultar o saldo a Caixa disponibilizou algumas ferramentas. No site, o usuário deve preencher os dados solicitados como CPF ou PIS (consta na carteira de trabalho); depois é só cadastrar uma senha - caso seja a primeira vez que acessa a plataforma. Além disso, o trabalhador pode utilizar outros meios como o telefone ou também baixar o aplicativo para smartphone.

Veja calendário:

Janeiro e fevereiro - 10/03/2017

Março, abril e maio - 10/04/2017

Junho, julho e agosto - 12/05/2017

Setembro, outubro e novembro - 16/06/2017

Dezembro - 14/07/2017