Francisco da Costa Rocha, conhecido como Chico Picadinho, de 74 anos, que assombrou o Brasil nas décadas de 1960 e 1970, quando matou duas mulheres e esquartejou os corpos, na Rua Aurora, em São Paulo, deve sair da cadeia após 41 anos presos até o dia 1º de julho. A informação foi divulgada pelo programa “Fantástico”, exibido neste domingo (26), pela Rede Globo. A soltura de #Chico Picadinho tornou-se um dos assuntos mais comentados do Twitter.

Assassinatos

Em 1966, Chico Picadinho, então com 22 anos, matou uma austríaca chamada Margareth e esquartejou o corpo. Por causa do crime, foi preso e condenado. Depois de cumprir oito anos, deixou a prisão por ter bom comportamento.

Publicidade
Publicidade

Dois anos após estar na rua, em 1976, o capixaba da cidade de Vila Velha voltou a cometer outro crime. Matou e esquartejou Ângela da Silva. Ambos os crimes foram cometidos durante relação sexual e ele colocou as vítimas em malas.

Em entrevista à época, Chico Picadinho deu uma declaração que deixa apreensivo todos aqueles que ficam sabendo que ele deixará a prisão. “Ninguém na vida deseja ou pensa em cometer um crime com essas características e então a pessoa que o faz não pode ser encarada como uma pessoa normal dentro da sociedade”, disse.

Exame de sanidade mental em 1978 revelou que Chico Picadinho tem personalidade psicopática, com manifestações sádicas. Pessoas com tais características não têm nenhum tipo de sentimento. É como se matar ou ir à padaria comprar pão fosse a mesma coisa.

Publicidade

Prisão

A lei brasileira não permite que ninguém fique preso mais de 30 anos ininterruptos. Chico Picadinho já está chegando aos 41 anos de prisão. Sua pena, na verdade, foi cumprida em dezembro de 1998.

A soltura de Chico Picadinho foi pedida por Sueli Zeraik de Oliveira Armani, juíza da Vara de Execuções Criminais de Taubaté, com concordância do Ministério Público Estadual, e será gradual. A Secretária de Saúde de São Paulo será a responsável por encontrar um local para ele morar.

Criminosos

Contemporâneo de Chico, João Acácio Pereira da Costa, conhecido como Bandido da Luz Vermelha, foi preso na década de 1960, cumpriu 30 anos de prisão e foi solto em 1997. Um ano depois de ter sido solto foi assassinado em uma briga de bar. #Chico Picadinho solto #Violência